Pinceladas

GP 2010

É de se comemorar a “globalização” do Grand Prix. Em 2010 mais uma etapa será realizada no Brasil. Não sei se as equipes ficam felizes de fazer viagens ainda mais longas, mas o torcedor brasileiro agradece. A outra sede, além das asiáticas, será a Polônia.

O Brasil enfrentará Itália, Japão e Coréia. Que bom ver as meninas asiáticas vindo, finalmente, para este lado do mundo. Coisa rara isso!

Vamos ver se o GP 2010 será melhor tecnicamente. A proximidade com o Campeonato Mundial pode torná-lo mais interessante. Só espero que a Itália não venha para o Brasil com o time A2, B1, B2...


****************

Mundial

Terça-feira acontece o sorteio do Mundial. O Zé Roberto afirmou ter informações de bastidores de que o Brasil fica no mesmo grupo de Itália e Alemanha. Ok. Eu achei, na minha ingenuidade, que houvesse realmente um sorteio para decidir estas questões...

Se forem esses os adversários, acho ótimo. É um bom nível para se começar o Mundial. Apesar de que, óbvio, o Zé vai achar que é o “grupo da morte” ou algo do gênero.


******************

Paulista

As semifinais do Paulista começaram hoje. Pinheiros venceu o Vôlei Futuro. Segunda, às 18h30, tem o outro confronto: Osasco e São Caetano. O Sportv transmite.

Estou curiosa para conferir esse duelo. Primeiro, quero ver o nível de entusiasmo da Mari jogando o Paulista. Segundo, acho que vai ser um jogo disputado. Só não tenho esperanças que seja um jogo BEM disputado. São muitas mudanças – e significativas – em ambas equipes.

No mais, quem está acompanhando o Paulista arrisca um vencedor?

Comentários

Anônimo disse…
Pq o jogo não seria bem disputado??? Não entendi!!!!
Anônimo disse…
Tb estou curiosa para ver o desempenho da Mari, mas mais ainda o da Sheilla, principalmente depois de apresentações irregulares da mesma na Copa dos Campeões!!!
Espero q o mal tempo tenha passado!
Anônimo disse…
"Segundo, acho que vai ser um jogo disputado. Só não tenho esperanças que seja um jogo BEM disputado. São muitas mudanças – e significativas – em ambas equipes."

Ahhhhh tá!!! Entendi!!!

Será um jogo disputado, mas não BEM disputado!!! Já q há mudanças nas equipes, e não há entrosamento, por causa das mudanças nas equipes e pela ausencia das principais jogadoras por causa da seleção!!!

Nessa guerra acho q o Osasco sai ganhando um ponto, pois a unica peça nova é a Jaqueline. e esta vem jogando com a Carol tem dois uns tres meses (td bem q isso não faz a levantadora acertar tanto a sua bola).

Mas Mauro Grasso já avisou q tá estudando as jogadoras individualmente e Mari disse q pretende ajudar dando dicas sobre as meninas q jogaram com elas na seleção.

Individualmente esse jogo promete, mas não veremos dois grandes conjuntos, q é o q se espera de um esporte como o volei.

Ju
Anônimo disse…
Não dá para arriscar um vencedor de Osasco X Sanca, apesar do Osasco ter um melhor conjunto´, mas se o sanca acertar bem o passe e Fofis, Mari e Sheilla estiverem inspiradas...td pode acontecer!!!

Porém dá para dizer q desse duelo sai o campeão Paulista !!!!
Anônimo disse…
Sobre o GP gostaria q ele fosse para outras cidades do Brasil!!! Do mesmo jeito q fazem com a masculina!!!
Outras cidades do Brasil q amam o volei tem o direito de ver a seleção feminina campeã olimpica!!!

Ju
Anônimo disse…
Realmente admirável a 'globalização' do Grand Prix. Já esperava que depois do bom resultado da etapa no Rio, o GP voltaria as terras brasileiras, mas não esperava que fosse no ano seguinte. Pensei em uns dez anos depois, talvez. Mas enfim, é um ótimo grupo. Poderemos ver boas partidas.

Espero sinceramente que o Zé Roberto melhore suas declarações. Esqueça a Fofão e a Itália. Tá parecendo uma viúva que a cada declaração lembra que as levantadoras atuais não são a Fofão, não tem o talento dela... ok, eu acho que todo mundo sabe disso, não?

Estou acompanhando o Paulista (aliás, que coisa longa e bagunçada). Vi uns jogos do Pinheiros, uns do Osasco remendado e a maioria que transmitiram do São Caetano. Pra segunda, é clichê, mas tudo pode acontecer. Só não espero um jogo de alto nível técnico, isso não. É pedir demais para equipes que estão completas agora.

O Pnheiros passa facilmente pelo VF. Aliás, que time ruim. Engraçado que é um somatório de jogadoras medinas mas que não deu em nada. Liderados, claro, pelo o William. O que é o William de técnico? Meu Deus!

O Osasco é favorito na outra semi. Tem centrais muito fortes, uma líbero muito boa... não precisa falar os predicados da equipe. A Blausiegel acho que vai de Mari e Mari, ou seja, pode ir tudo bem no ataque, mas pode ir tudo mal se der a louca no passe das duas. Se bem que Mari famosa passou muito na CP, mas lembre-se também que a bola é diferente. Por mais insignificante que isso pareça, faz muita diferença. Mari não se 'dá' com a bola da Penalty. rs. Esperemos pra ver como estarão o ânimo de ambas as partes, o desempenho...

Se fosse para apostar, apostaria no Osasco com certeza. Mas o São Caetano parece bem mais centrado que aquele time de duas atacantes do ano passado e pode vencer sim.

[Desolação] Uma pena que Bell foi só marketing. Ela não tem condições alguma de jogo. Pelo menos não na Superliga. A promessa de afrontes cubanos, paralelas incríveis, garra, força... ficará só na vontade. Vai ser tipo o time está com o jogo ganho, entra Regla Bell, a torcida vibra, a outra vaia, alvoroço, o narrador cita algumas conquistas de seu imenso currículo, ela quina umas bolas... e, puff, o jogo já acabou.[desolação]

JP
Carol disse…
Eu ri com seus comentários sobre o b1, b2 e sobre o Zé achar que será o "grupo da morte" hahahahaha

"Estou curiosa para conferir esse duelo. Primeiro, quero ver o nível de entusiasmo da Mari jogando o Paulista."

Pois é, eu também. Vai ser um entusiasmo de dar inveja... NOT!
hahaha
Anônimo disse…
É vero, "grupo da morte" é bem a cara do JRG, hehe... Eu, hein...
Anônimo disse…
Não fiz a pesquisa na site da FIVB, mas acho que a etapa do Rio do GP foi a que mais teve publico, apesar do horario ridiculo dos jogos que a Glogo exige.

Finalmente as asiaticas vao ter que viajar heim! Toooomaaaa!!!

O paulista eu nem to contando, eu to querendo ver a Mari animada é na Superliga...
Anônimo disse…
Se tem uma jogadora que não me preocupa é a Sheilla. Falando francamente, na Copinha dos Campeões, ela só foi mal mesmo no jogo contra a Itália assim como o time todo, inclusive as jogadoras do Osasco que também marcaram presença por lá, não vamos nos esquecer. Ainda não brilhando como de costume, saiu do Japão como maior pontuadora do Brasil e jogou muito bem a última partida. Então não tenho a menor dúvida de que verei a Sheilla de sempre em quadra nessas semi-finais. Já a Mari...concordo com a La Cauda, vamos aguardar e ver o quão animada e disposta ela se mostrará. Torço, claro, para que ela chegue comentdo a bola já nessas finais do paulista, pra poder chegar com moral elevada na superliga. Porque pelo amor de Deus, outra temporada como a passada, levando lambada daqui e dali, eu não aguento não.
Anônimo disse…
Sheilla foi a maior pontuadora porque ela é a jogadora das bolas de segurança. É a sua função como oposto pontuar. Porém, se analisar os seus números com relação as bolas recebidas, não tenha dúvidas de que seu desempenho foi muito abaixo do esperado, para não dizer péssimo.


Aliás, faz muito tempo que não vejo a Sheilla jogar um campeonato tão ruim e não foi só contra a Itália não. Sendo ou não a maior pontuadora das partidas o percentual de aproveitamento no ataque e demais fundamentos foi fraco.

MAs nada demais, não dá para ser excelente sempre e a Sheilla tem muito crédito. Espero que o trio de ouro arrebente, seja no paulista ou na Superliga.
Marcelo disse…
Verdade seja dita, a Sheilla só terminou como maior pontuadora do Brasil porque as nossas levantadoras decidiram transformar a Mari na 3ª opção de ataque nos jogos contra Itália e Tailândia. Os números não mentem: nessas duas partidas, a Sheilla recebeu 68 bolas e a Mari apenas 39.
Anônimo disse…
Que tal a gente esquecer a Copa dos Campeões? Já falamos exaustivamente desse assunto e francamente, já tá chato. O foco agora é o paulista e a superliga...todos sabemos do potencial e da qualidade da Sheilla, não vamos ser iguais a imprensa babaca, que adora desmerecer e rebaixar uma jogadora, por uma derrota. Ninguém pode estar o tempo todo no 100%, depois de inúmeros campeonatos e viagens exaustivas, por mais que se prepare fisicamente, uma hora pesa. Enfim, levo muita fé no São Caetano, principalmente na Sheilla. A Mari é sempre uma incógnita pra mim nos campeonatos nacionais, nunca sei o que esperar dela...vamos aguardar.
Anônimo disse…
Eu não entendo. Como não sabem o que esperar da Mari em campeonatos nacionais se, exceto a última Superliga que ela de fato esteve mal, foram inúmeros títulos pelo Finasa, onde ganhou tudo, inclusive vários prêmios individuais, até ir para a Itália, onde também ganhou tudo?

Uma Superliga ruim é motivo para essa presepada toda de incógnita?
Anônimo disse…
Gente, façamos uma coisa, esqueçam a Mari por uns dias. Mari todo dia me cansa imensamente. A cada dez tópicos, discussões, previsões... do mundo do vôlei, metem a garota na conversa. Por isso o ódio dos que não gostam só aumenta e o fanatismo do que gostam também. É sempre 8 ou 80.

A garota deve ter treinado, se esforçado... hoje como todo mundo pensando no jogo de amanhã e as pessoas especulando se ela vai ter vontade de jogar ou não? Não acho que a Mari fez "corpo-mole" na Superliga passada, ou em qualer competição, como algumas pessoas insistem em dizer. Ela simplesmente fez um campeonato abaixo das expectativas. Se ela fosse uma Fernanda Garay da vida, teria feito uma competição ótima, mas ela é a Mari e todos esperam muito de qualquer selecionável.

As melhores são sempre mais cobradas, isso é aprendizado básico para quem quer falar de vôlei ou de qualer esporte.

Sobre o campeonato, aposto que o Osasco vence em duas partidas relativamente fáceis. O São Caetano suou para vencer o time B do Osasco, com o acrescimo de duas jogadoras, Mari e Sheilla, mesmo que estas sejam quem sejam, não será suficiente para vencer uma seleção inteira. Natália, pra mim, não faz diferença. Se bem que com uma dupla com Jaqueline e Sassá nas pontas, um time não pode ser totalmente confiável.

Mário, RJ.
Anônimo disse…
Não vamos nos estressar, sim? Quando disse que a Mari pra mim é uma incógnita nos campeonatos nacionais, estava me referindo a Mari enquanto jogadora do São Caetano. Meu erro, deveria ter especificado esse ponto.
Fato é que, no São Caetano a Mari ainda não rendeu o que rende na seleção e o que já rendeu nos outros clubes, como os bem citados por você, Osasco e Pesaro. Quero deixar claro que gosto muito da Mari, mas não acho que tenha dito nada de errado, realmente ainda não vi a Mari do Osasco, por exemplo, aparecer lá pelas bandas de São Caetano. E não digo isso com a intenção de diminuir a jogadora, é apenas, como já disse, um fato. Torço muito pra que ela arrebente nessa temporada, que ganhe prêmios individuais, que seja a melhor jogadora...enfim, torço por ela, torço mesmo.
Anônimo disse…
Dizer q Sheilla não jogou mal na CC,q Mari fez uma boa superliga é o cúmulo do fanatismo !!!!
Sheilla jogou mal sim a CC inteira!!! e querer avaliar qualquer jogadora pelo jogo contra a Tailandia (pior é ter jogado mal).Mas o fato da Sheiloca não ter jogado bem, não queima a jogadora de jeito nenhum!!!

Mari não jogou bem no São Caetano na superliga passada, fato! Assim como não jogou bem a temporada 2004/2005 no Osasco, mas isso se justifica pelo trauma q a jogadora tinha passado em Athenas!!
Mas o q tem a ver esses dois fatos?? é q o ano depois das olimpiadas - ganhando ou perdendo- Mari sai de ferias para repor as energias e depois volta contudo!!! hahaha

Com torcedora do Osasco torço p/ q ele jogue bem, mas não o suficiente para atrapalhar o meu time
Anônimo disse…
Sheilla fez uma CC muito abaixo do esperado (ruim), mas como estamos acostumados em vê-la sempre arrebentando nos últimos anos, soa estranho.

Isso não é nenhum problema e não tem nada demais, pois não dá pra jogar bem sempre.

Espero que no São Caetano ela volte a sua velha forma e voe muito.


Essa Superliga e Seleção em 2010 prometem.


Sheilla, arrebenta.
Anônimo disse…
Mari não jogou bem no São Caetano na superliga passada, fato! Assim como não jogou bem a temporada 2004/2005 no Osasco, mas isso se justifica pelo trauma q a jogadora tinha passado em Athenas!!
...........................................................

Errado a Mari foi o destaque do Osasco nessa temporada jogou muito na final, se não fosse ela o rexona ganharia fácil, a temporada 2005/2006 não se pode dizer que ela jogou mal, pois tinha acabado de operar o braço e quando voltou não jogava mais de oposto foi pra ponta simplesmente, sme tempo nenhum de treino

Caio, rJ.
Anônimo disse…
^^^^^^^
Destaque ela não foi não, chegou a pegar banco varias vezes!! O q é compreensivel pela situação, idade,maturidade e sofrimento! Ela operou o ombro no final da temporada 2004/2005 e ainda jogava de oposta!

Mari foi destaque na temporada 2003/2004, melhor atacante, revelação e maior pontuadora (prêmios).
rafa disse…
La Cauda, esse foi um dos posts mais bem humorados.

Certeza que o Zé falará que será mto difícil para o Brasil ir para a fase final do Mundial, que Itália, Rússia, Egito, Coréia, Sri Lanka, Vaticano são seleções superiores à brasileira...

Gente, é fato e já foi afirmado pelo Angelo Vercesi que a Mari gosta de jogar partidas difíceis, e q sua concentração em confrontos mais fracos deixa a desejar.
Se bem q eu acho q isso mudou um pouco, enfim, concordo com a La Cauda qd diz q será uma incógnita a vontade da Loira por ser o Paulista, mas talvez por ser contra o Osasco a motivação aumente.