Brasil 3 x 1 Japão

24-26, 25-21, 25-23 e 25-21

Ok. Nosso time virou russo.


Ataques pelo meio praticamente não existiram. Em compensação, o bloqueio foi impressionante: 23 pontos.

Vendo pelo lado positivo, o Brasil consegue cobrir as falhas de algum fundamento com outro se destacando.Mas faz falta aquele estilo brasileiro de jogar com mais velocidade e mais técnico também.

*********************

Acho que a entrada da Ana Tiemi tem que ser valorizada, assim como a da Paula. Mas nada de ficar exagerando e chamá-las de "salvadoras da pátria". O jogo foi bem complicado sem elas e com elas em quadra.

Falo isso porque, pra variar, o Globo Esporte resumiu a virada do jogo à entrada das duas. Como falei, ajudaram o time. No entanto, prefiro pensar que temos um grupo com boas peças de reposição do que escolher uma ou outra como as responsáveis pela vitória.

*****************

Nesta madrugada enfrentaremos a Coréia, que quase surpreendeu a Itália. As italianas só venceram no tie-break. Pelo menos podemos nos conformar que o caminho está sendo complicado para elas também.

Comentários

Anônimo disse…
Sufoco!! Inicio beleza e logo deu o maior apagão!!! Ainda bem que Mari e Fabi estavam iluminadas!!!

Todo mundo ta estudando o Brasil , se não entrarmos 100% vai ser sufoco sempre!!!
Anônimo disse…
Copa dos Campeões no EUROSPORT Live.
Anônimo disse…
P. Pequeno, sinônimo de força, vibração, garra...

Sem falar na comissão de frente, rs...

Seja novamente bem-vinda ao grupo!
Anônimo disse…
Nao concordo contigo.

Ou vc fala de outro jogo, ou o que ví foi o Japao fazendo a festa no passe da Paula e, logo´após, na Sassá.

A Mari, c/ altos e baixos produziu mais que Sheila, desinteressada e quase apática no jogo.

Destaqes? Fabi e as centrais, mesmo nao sendo acionadas por A. Tiemi.

Parabéns ao ZR q, mais 1 vez soube usar 1 jogo mais emocional que racional como esse , p/ dar experiencia á "eterna bancária", A. Tiemi.

Agora, que horror ver Paula e Sassá disputando o pior passe do dia, hnm ... ?!
LaCauda disse…
Não concorda comigo? Não entendi, pq eu concordo com vc! :P
LaCauda disse…
A Mari fez a diferença, principalmente no 3º set.
Anônimo disse…
Alguém que não assistiu a partida e viu o Globo Esporte, pensa: "noooossa, Paula Pequeno voltou com tudo, salvou o Brasil."

Que coisa ridícula! São esses mesmos jornalistas tendensiosos que pregam, e os toscos acreditam, que Giba ainda é, e não FOI, o melhor jogador do mundo.

Por fim, é bom saber que as 12 jogadoras estão aptas a jogar. Isso é um avanço e tanto para uma seleção que há dez anos não tinha isso.

Uma coisa ninguém, absolutamente ninguém, pode negar, Mari e Sheilla pós-Pequim são as grandes jogadoras desse grupo. Nunca fui fã da personalidade da Mari, isso inclui seu "desapego" aparente pelo vôlei, mas é louvpavel o crescimento dela como atleta.

Se ano que vem tivermos as duas, Mari e Sheilla, nessa forma, Paula Pequno bem fisicamente, e a outras fazerem seus papeis, tenho fé que o aguardado Mundial virá.

Mário, RJ.
LaCauda disse…
Mario, por isso mesmo q coloquei isso no post! Eu vi o GE antes de ver o jogo. Qd assisti a partida, confirmei q não tinha sido tudo aquilo q falaram, não...
Anônimo disse…
O q salvou o Brasil foi o bloqueio, e a altura das japonesas! Ou seria a altura das nossas jogadoras?

Paula entrou e fez o papel dela no ataque! Tieme fez o feijão com arroz, coisa q a Dani Lins não conseguiu fazer ontem!

Mas Mari...foi a Mari, q a algum tempo eu não via!!(não pela reconhecida qualidade da jogadora) mas pela postura: decisiva, chamando a responsabilidade, e o q melhor passando muito!!!(o q não é comum).

O Brasil no coletivo não foi bem, ganhou graças ao talento individual (Sheilla mesmo abaixo da média, decidiu pontos importantes e apareceu quando devia!). Fabi defendeu muito!!!

Ju
Anônimo disse…
Detalhe:

O q foi a Carol Gataz, q em 4 sets, marcou três pontos!!! Errou saque q foi uma blz!!! Pq o ZRG deixou a Carol em quadra e sacou a Adenizia, q estava menos ruim!
adroaldo disse…
Amigos do blog, boa noite!

Nem tanto ao céu, muito menos ao inferno. Brasil e Japãp foi uma partida bem jogada. O Japão esteve muito bem durante boa parte do jogo, mas peca na hora de administrar uma vantagem, até porque já criaram um estigma de que no final vão perder. Quanto ao Brasil, discordo dqueles que criticam a Paula, pois seus números no ataque não deixam dúvidas, (por favor, se atenham aos pontos feitos principalmente após o segundo témpo técnico de cada set). Não foi tão bem quanto poderia no passe, mas compensou e mostrou o que todos já sabem...Nátalia tem que remar muito prá chegar até ali. Quanto a Mari, foi mais uma vez muito bem. Não entendi a opção de não jogar pelo meio, mas acho que deva ter uma razão tática prá isso, Talvez utilizemos em confrontos mais difíceis já que no meu ver, mesmo perdendo um set, não acho que o ZRG se viu ameaçado pelas Japas. tiemi foi bem, mas ainda é limitada, (o problema e que estamos muito mal acostumados com levantadoras).
Esperemos os próximos jogos, mas acho que o Brasil tem tudo para levar essa, pois além dos seus atributos, a entre-safra internacional tá brava!!!
Um abraço a todos.
Anônimo disse…
Vai uma dica com relação ao Marco Freitas. Assim como muitos, também não concordo com tudo o que ele diz, mas convenhamos é de longe o melhor na tv. Tem muita experiência no volei e é respeitadíssimo em suas ponderações, por aqueles que trabalham com voleibol.
Dureza é aguentar os narradores e o capitão Carlão...Como comentarista foi um ótimo jogador!!
Anônimo disse…
Dulce Thompson é a melhor comentarista q tivemos até hj, era realista, imparcial, comentava com conhecimento, inteligência e perfeição. E quando comentava com Luís Carlos formavam a melhor dupla comentarista/narrador da Tv do vôleibol.
Anônimo disse…
Concordo:

1 - Dulce (ex SNF e excelente passadora/atacante) fazia o melhor par de comentaristas da tv do BRA, ela e o Luis Carlos, em tremos de volleyball na tv.

2 - Tmbm concordo q o Giba nao é nem 40% do q já foi antes das Olimpíadas.
Mas Bernardo sabe disso e tem tomado porvidenicas p/ repor o atleta q se foi.

E os mais novos estao comendo a bola ... fantástica nova geracao a caminho - a conferir.

3 - Paula jogou pedras, bananas, cocos e o q de pior pode contra as levantaodres.
Se nao foi ridícula, no mínimo foi irreconhecível.

4 - Temos 4 centrais de qualidade, mas ainda fico c/ Fabiana. Sem papo, a melhor central do mundo.

5 - ITA??? Q papo mané de bicho papo é esse?!
Mesmo q o BRA jogue MUITO mal contra as ditas (o q eu duvido), ainda assim, de antemao, aposto em nosso time.

Inté,
Mg
LaCauda disse…
Eu concordo com quem escreveu sobre o Marco Freitas. Acho ele ótimo comentarista e o pecado que ele comete é igual ao dos outros: exagerar no elogio. Esses excessos é q irritam às vezes.

Mas tenho q dizer q pra quem não entende muito de vôlei como eu, os comentários dele ajudam um monte. Ele explica muito bem.

Tb gostava da Dulce, só que achava q ela se atinha muito às estatísticas. Ela tb cometia o pecado, por exemplo, de puxar o saco da Venturini e do Bernardinho.