Apagão por lá também?

Brasil 0 x 3 Itália (25-21, 25-23, 25-21)

Há derrotas e derrotas. Esta do Brasil contra a Itália é uma das piores. Foi aquele tipo de partida que você sabe que o time não rendeu 1/3 do que é capaz.

Foi um jogo atípico no qual as individualidades brasileiras não apareceram e os defeitos do Brasil se potencializaram. A equipe brasileira se atrapalhou na ansiedade, nos constantes erros e na falta de lucidez e organização.


****************

O que foi o nosso ataque? Até então, neste ano, as atacantes brasileiras estavam conseguindo -bem ou mal - se virar com os levantamentos irregulares. Hoje nenhuma delas se salvou, foram terríveis.

Sheilla, então, esteve irreconhecível. Já vi atuações discretas dela, mas ruim como a de hoje, não me lembro de ter visto. Ainda assim, a Sheilla foi a maior pontuadora do Brasil com 15 pontos, mas com eficiência de 34% no ataque. Pra se ter a noção da situação do ataque brasileiro...

Foi frustrante e irritante a atuação brasileira. Um jogo cercado de tanta expectativa para o Brasil fazer o papelão que fez...


****************

O mérito da Itália nesta história toda? O ótimo sistema defensivo, a atuação da Lo Bianco, a atenção e a regularidade. Não precisou muito para vencer. Fizeram a sua parte e olharam o Brasil se enroscar na própria rede.


****************


Observações:

- Achei precipitada a saída da Paula no 1º set. No fim, não ia fazer diferença, pois nada deu certo hoje. Mas o Zé Roberto queimou ela cedo demais.

- Qual o problema do Brasil com as largadinhas? Caem todas na nossa quadra! A Copa inteira tem sido assim: largada é ponto certo pro adversário. Até eu - com minha vasta experiência nas quadras - consigo ler quando a atacante vai largar. Pelamordedeus!

- Cadê o super saque da Sassá? Na Copa, a contribuição dela neste fundamento foi nula. Até a Gattaz tá sacando melhor.

- E o mais importante: o que aconteceu com os dentes da Piccinini? Parecem mais separados... :P

Comentários

Anônimo disse…
Boa análise, LaCauda. Já não tínhamos superado os "apagões"? Será q foi efeito do blecaute no Centro-sul do país, hehe...

Onde esteve nosso saque e ataque? A impressão q tive foi q voltamos a ser "criança" nessa hora... Quantos erros!!! E a cobertura? Ficou em casa assistindo o jogo pela TV?? Nosso levantamento...

Por outro lado, talvez as declarações do JRG tenham influenciado um pouco o emocional das jogadoras. Disse algo assim como: a equipe Italiana é hoje a "melhor equipe do mundo".

Concordo que hoje se encontra uma das melhores do mundo, mas dizer que é a melhor já é uma visão bem subjetiva da coisa. Em um novo confronto apostaria todas as fichas na SFV, mesmo sabendo que não seria tão fácil assim.

Pô, e durma-se com esse 3x0...

Agora torcendo pras Japonesas vencerem as Italianas (elas sempre dão uma forcinha pra nóis, né?) com parciais de 25x20, 25x19, 25x18 de preferência, rs...
Guilherme disse…
Ganhar demais vicia!! 43 jogos e, até o jogo de hoje, 42 vitórias...Com certeza esperava ver o Brasil mais uma vez campeão, mas vamos ter que nos contentar com o 2º lugar. O mais importante agora, serão as lições tiradas dessa derrota, que na minha opinião foi conseguida principalmente por demérito do nosso time. Prefiro, com certeza, perder agora do que ter que engolir outro placar vexatório como esse ano que vem no mundial.
Anônimo disse…
Concordo com o Guilherme. Mil vezes perder nesse campeonato sem grande expressão do que no mundial do ano que vem. Aliás a Itália só consegue isso mesmo: vencer campeonatos pé-de-chinelo, vide, Copa do Mundo em 2007 (primo pobre do mundial de verdade) e agora essa Copa dos Campeões, onde só existiam dois times realmente competitivos, Brasil e elas mesmas. Nem falo nada do campeonato europeu...ganharam dos mesmos times que nós vencemos no GP desse ano, além de não ser um campeonato em âmbito mundial.
Enfim, alguém achou que nunca mais perderíamos uma partida? Não é agradável mas é assim que o esporte funciona. Não podemos deixar que essa derrota eclipse um ano de maravilhosas conquistas.
PS: Procura-se uma levantadora, urgente!
Anônimo disse…
Enfim, a SNF desabou, como o ROUBOANEL do Serrassuga.

Mas o Guilherme tem razao sim, afinal nao existe equipe imbatível, ainda mais esta nova, em vários sentidos, equipe do BRA.

E, cá entre nós ... Sassá e Paula ... hnm ... sei nao.

Natália precisa perder uns 8 kgs URGENTE, já q engordar facilmente parece ser seu esporte favorito.

O q a ITA apresentou de novo? NADA, rigorozamente NADA.

Concluimos q, sem arrogancia, foi o BRA qem perdeu o jogo, e nao a ITA qem o venceu.

E por último:
1 - estamos mesmo "mal acostumados": depois de Fernanda ( a maior de todas em todos os tempos), e de Fofao, a campeoníssima Olímpica, qlqr outra levantadora vira "empinadora de abóboras". Sem qerer ofender.

2 - Nao dá pá abrir mao de Jaqueline e Fabiana, e há lugar neste time prá Ivna. Soon or later será chamada (essa nao pres+cisa fazer "regime").

Inté,
Mg
100% N Y A disse…
NÃO esperava ver o BRASIL perder para ITÁLIA...mais já que perdeu PACIÊNCIA...

LO BIANCO jogou MUITO...
Putzz... e a BORSETTI que só entrava para fechar os sets com ace...TEM Ó dia...

Acho que o BANCO não fez bem para DANI LINS...pensava que voltaria mais LÚCIDA e LEVE para os jogos...as vezez acho que ela entra ENGESSADA em quadra...putzz...EU quero ver AQUELA levantadora eleita 2x MELHOR da SUPERLIGA...PROCURA-SE !!!!!!
Anônimo disse…
Finalmente as freguesas italianas ganharam uma!! E mereceram....

Bom, quero ver amanha contra Tailandia, se perder vai ser dificil explicar.

Só espero que elas não entrem apaticas e desanimadas...
100% N Y A disse…
GUILHERME não gosto de escolher DERROTA...mais também prefiro PERDER na COPA DOS CAMPEÕES...se tá certo GUI(óia intimidade)...

No MUNDIAL 2010 á seleção vai dar o TROCO nas italianas...

ÔÔÔ...Ô Mg...VOLLTTÔÔÔÔ...
ÔÔÔ...Ô Mg...VOLLTTÔÔÔÔ...

Nayanna.
Carol disse…
"estamos mesmo 'mal acostumados': depois de Fernanda ( a maior de todas em todos os tempos), e de Fofao, a campeoníssima Olímpica, qlqr outra levantadora vira "empinadora de abóboras". Sem querer ofender."

Concordo. Eu vejo a galera massacrando a Dani Lins, mas não tem que ser assim. As duas são jogadoras novas sem experiência nenhuma, ninguém se torna uma grande levantadora de um dia pro outro não, galera. Pô, é melhor perder agora esse torneio sem expressão do que o mundial. Nosso objetivo é o mundial e os erros vão ter que ser corrigidos. Mas pra isso, tem que haver uma conversa séria no grupo, porque está óbvio que Mari e Dani Lins não se dão. Devem haver outras diferenças, mas nós não sabemos ao certo e nem tem como saber. O banco não fez bem pra Dani Lins, definitivamente. O Zé não tem paciência com ela, e ao meu modo de ver, dá esporro em momentos errados. Ora, o jogo já está difícil, o emocional delas ( principalmente da Lins ) já é ruim, e ele vem com gritos ameaçadores? Por que não fala assim em todos os jogos em que ela cometa qualquer errinho? Parece que ele passa a mão na cabeça e depois cobra em momentos errados essas meninas. ( as levantadoras)
Mari e Sheilla têm que se colocarem em seus devidos lugares. Elas são líderes. Têm que começar a pensar assim de uma vez por todas. A Mari não pode fazer o papel de menina mimada do Zé em horas complicadas não. Alguém tem que levar esse time nas costas quando houver necessidade. Jogar com uma levantadora ótima ( Fofão) levantando bolas com perfeição para as extremas é fácil. Mas o que dizer quando o assunto é Sokolova, Godina e Gamova? Pois é. Aí tá a diferença. Elas vão ter que repensar muitos aspectos do grupo. E por último, eu concordo que o Zé foi infeliz no comentário de que a Itália é o melhor time do mundo. Porra, humildade tem limite. NO que deu tudo isso? Uma insegurança lastimável no jogo da seleção. Merda, tem que ir pra cima, nós somos as atuais campeãs de tudo. Nós temos o melhor voleibol, nós temos garra. Mas é preciso mostrar. E me desculpe, mas não é uma levantadorazinha mediana ( Lo Bianco) que vai tirar isso da gente.
Anônimo disse…
Que sono no estomago, hein? E eu que achava que o Brasil venceria fácil. Mais uma vez temos a prova de que clássico é clássico.

Acho que o Brasil como um todo teve um mal dia. O passe estava bom, os levantamentos ruins, as meias-batidas irritaram. Sheilla esteve péssima, fez o mesmo número de pontos que deu em erros para a Itália, ou seja, inexistiu. Mari não conseguiu bater uma bola limpa. Natália e sua eterna mania de só querer bater diagonal. Paula visivelmente sem potência. Em condições normais, ela jamais seria amortecida como foi, mais de dez vezes por sinal.

O que fica dessa derrota pra mim é que o Brasil, nessa Copa, assumiu um estilo de jogo que não lhe convém, bola só para as extremas, centrais inexistentes. Era mais que óbvio que o Barbolini iria mandar marcar as extremas.

As levantadoras do Brasil são Tiemi e Lins mesmo. Não compartilho dessa bobagem de 'volta, Fofão.' O que elas precisam e saber que estão na seleção brasileira e tomar consciência disso. Se tivessem atacantes fracas para levantar, mas elas tem as melhores. É inadimissóvel levantadoras não acertarem bolas de ponta decentes para Mari, Sheilla e Natália.

Detalhe também para a humildade dispensável do ZRG. Itália melhor time do mundo? Admita e lide com o favoritismo. Ponto.

A Itália é um time experiente, mereceu a vitória, mas esteje longe do brilhantismo. O Brasil mesmo muito mal fez um jogo equilibrado. Como o bloqueio do Brasil deixa-se ser explorado constantemente por Piccinini e Del Core? Só poderia perder mesmo. Méritos para Eleonora Lo Bianco, que é, hoje, sem dúvida nenhuma a melhor levantadora do mundo, mesmo que os voúvos da Fofa digam o contrário, para as pontas italianas, para a Ortolani, pasmem, que jogou bem, e, claro, para Paola Cardullo, um monstro de líbero.

A derrota em si não é o fim do mundo. O Brasil ainda é o melhoe time do mundo e confio que teremos um 2010 glorioso.

JP
Anônimo disse…
Nesse momento todas as jogadoras tem diferenças com a Dani Lins e isso é perceptível. Natália estava com cara de poucos amigos em um dos jogos, Taísa hoje, reclamou diversas vezes, basta ser bom observador pra perceber. E tem como não se irritar quando você tenta, tenta e a bola tá sempre pior? Não existe esse negócio de que Sheilla e Mari têm que se virar, porque são líderes do grupo. Com algumas bolas ruins até dá pra se virar sim, mas o tempo todo recebendo tijolos, não há melhor jogadora do universo que consiga dar jeito. Elas não podem fazer mágica. Que Tiemi e Dani são inexperientes (oh, tadeeenhas) eu sei, acontece que o mundial é ano que vem e se elas não estarão aptas a ajudar, então que façam as malas. E cadê a Fernandinha? Até onde eu sei experiência é o que não lhe falta, o que falta é uma chance de mostrar serviço.
eduardo disse…
Eita, muitas análises aqui, e eu vou falar a partir do que li e do vt que o Dnetors postou no youtube.

Vi uma Itália voando em quadra, atacando muito forte, defendendo muito, chegando sempre no bloqueio. Isso é sinal de trabalho tático bem desenvolvido.

O jogo do Brasil depende muito de uma levantadora criativa e com habilidade para colocar a bola nas diversas posições, nos diversos momentos da partida, acho até que nosso jogo não combina com esses comentários de TV de jogar a bola p quem tá virando. Se assim o fizer tal jogadora fica marcada e deixa de virar.

Eles conseguiram marcar muito bem Mari e Natália, já que eram as atacantes mais eficientes no campeonato, mas tal eficiência foi fruto de uma distribuição concentrada nestas jogadoras em outros jogos. A Sheila pode ter errado, mas ela jogou muito, acho que era a única que tava voando tanto quanto as italianas e atacando forte (observem os urros e impacto da bola no momento de ataque).

O meio acabou voltando a aparecer, a Adenizia se encaixou na seleção muito melhor que a Gataz, é fato, e deveria ter começado desde o primeiro set (eu acho a Gataz melhor que a Adenizia em clubes). Mas a principal falta foi uma referência no meio de rede, papel que a Fabiana assumiu com saída de Walewska e que a Thaiza ainda nao conseguiu exercer (a Érika Araki faz este papel muito bem no Japão, assim como Gioli na Itália). Nesse jogo acho que elas nao foram ruins nem brilhantes, mas nao foram as meios que o Brazil precisa para o sistema tático funcionar.

A Fabi esteve bem o jogo todo, claro que ela perde no duelo com a jogadora que de fato é a melhor líbero do mundo, a Cardulo. E a recepção nao é a culpada pelo problema da distribuição de bolas, o nível deste fundamento está alto, mostra que foi bem treinado.

Acho que é hora das jogadoras voltarem e se dedicarem muito nos clubes. Esta derrota serve p incentivar este trabalho contínuo e para o ano que vem tomara que tenhamos tantas possibilidades de convocação quanto o Bernardo teve no masculino.

Será a hora de observar principalmente as levantadoras. Devido a total impaciência do Zé com a Lins é bem possível que dificulte sua vaga no time (lembram como foi com a Carol em 2007?). Seria muito interessante que ele convidasse mesmo para uma primeira etapa de treinamentos outras selecionáveis além de Dani e Tieme: Fernandinha (adoro esse jogo marrendo dela), Fabíola (confesso que nao vejo cara de seleção nela), e a segurança da Carol (ela já foi muito chicoteada pelo Zé e seria importantíssimo a presença dela como referência no grupo).

No mais acho que é hora de aparecerem mais pontas com real possibilidade de jogo, a Sassá nao foi segurança de passe, nem de saque e está muito aquém das outras no ataque. Será que Jaque teria outra chance, ou melhor apostar em outras como Ivna, Regiane.

Em relação a convivência eu tb acho que há problemas, principalmente em relação a Dani, talvez até por ter dado tanto prestigio a ela com a braçadeira de capitã. O nível entre Dani e Tieme hoje é o mesmo, mas eu sinto, e acho que o Zé tb, que a Tieme tem mais a evoluir, mas precisa de jogo e ela não terá mais uma vez esse ano no Osasco.

Nem é por birra do Luizomar, além de critérios técnicos (hoje a Carol com toda sua experiência é sim melhor que a Ana) e pelo fato dela ter se aliado ao técnico na formação do novo Osasco, ambos foram juntos atrás de patrocínio, é como se ela tb fosse "dona" do time.

Como o Zé deve montar um time novo em Barueri no próximo ano, aposto fortemente que Tieme será cuidadosamente lapidada por ele. Esse ano, fora o Pinheiros, que certamente pagaria muito menos a ela, nao tinha outro time no Brasil com estrutura p ela continuar a se desenvolver.

É isso, pessoal, no mais, acho que essa derrota veio em boa hora. Não podíamos ficar pensando que tudo estava azul na seleção, pq de fato nao está. Estou como todos muito chateado, mas é claro que toda a comissão está de olho para que tudo ocorra da melhor forma.
Anônimo disse…
1 - Não vou deixar q crucifiquem e responsabilizem as nossas levantadoras, nem a Tiemi nem a Lins por essa derrota.
Apesar d q, dentro da capacidade delas, jogaram um pouco abaixo dos seus rendimentos normais também! Mas as nossas atacantes muito mais abaixo ainda Ok?

Só pq a Lo Bianco eh uma levantadora técnicamente melhor e muito mais EXPERIENTE ela sózinha não determina a vitória de um time. Uma andorinha não faz verão!

2- O time entrou sem se IMPOR desde o começo. Paula sem condicionamento físico nenhum, foi a pior, nao pontuou nenhuma bola q recebeu, tem q fazer muita musculação.

3- De todos os comentários acima a observação q achei mais pertinente e construtiva foi da Carol quando diz:

" Mari e Sheilla têm que se colocarem em seus devidos lugares. Elas são líderes. Têm que começar a pensar assim de uma vez por todas." [2}

Assino em baixo.

A atuação da Sheilla foi ruim, mas da Mari foi muito pior, Mari se a bola não estava nos seus 100% ela simplesmente passava pro outro lado ou batia a meia força e contra um time, q como disse o Zé, "q defende pra caralho" desperdiçar o ataque eh suicídio.

Essa consciência de liderança tem q aparecer para puxar o time nos momentos de instabilidade e não se esquivarem e desaparecer num momento q o time mais precisa delas!

A comemoração do ponto tem q ser valorizada e tem q ser comemorada com vibração e correspondida por todas as jogadoras, me irrita a falta de vibração da Mari com os pontos das companheiras principalmente num momento do jogo q esta difícil de se pontuar, e q ela mesma nao consegue fazer seus próprios pontos.

Mari vc e Sheilla são as nossa jogadoras de segurança! E mais q nunca vcs tem q chamar a responsabilidade e pedir a bola nesses momentos!!

Bom, enfim, tá dificil de engolir essa derrota.

Mas o q se pode concluir q para vencermos esse time Italiano vamos precisar estar pelo menos perto dos nossos 100%.

O time precisa melhorar o leque de opções de variações de ataque, esta pobre táticamente, Kd o ataque coma bola de dois tempos? a desmico? a meia bola no meio? a china foi pouco utilizada, o bloqueio pouco explorado, e Mari tem habilidade de bater bem bolas altíssimas na ponta no estilo russo, essa bola tem um "time" diferente.

E finalmente, as nossas centrais principais Fabizona e Thaísa, as melhores do mundo, estarem de volta em plena forma, trazendo o nosso bloqueio de volta.

Ps: La Cauda eu também vi os dentinhos separados la no fundo da Piccinini e um roxo(hematoma) no braço da Gattaz.
Marcelo disse…
^^
Estava demorando para aparecer alguém jogando a culpa pela derrota no eterno bode expiatório da seleção brasileira. Até estranhei...
Anônimo disse…
Tava demorando para colocarem a culpa na Mari. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

O povo agora colocou isso na cabeça: Mari e Sheilla são as estrelas e tem que resolver de qualquer jeito. Que besteira! Elas tem tanta responsabilidade quanto as outras. Não ganham nem perdem sozinhas. Até o jogo contra a Itália só as pontas e a oposta estavam atacando. É meio óbvio que as italianas iriam marcá-las. Mari e Sheilla estão longe de serem Sokolova e Gamova. Não por serem inferiores, mas por estilo de jogo mesmo. Jaca quem vira são as russas.

Qual o em responsabilizar as 'novatas' por uma má partida feita por elas? Pq só as 'veteranas' tem que ser responsabilizadas?

Para encerrar, ninguém foi bem no Brasil. Sheilla esteve irreconhecível, as centrais totalmente nulas, as ponteiras não viraram nada, as levantadoras péssimas. Agora, atacantes viram uma, duas, três... bolas ruins, mas quase todas? Só uma somatória de Mireya, Artamonova e Sokolova para conseguir isso.

Marcela.
Anônimo disse…
Ao que parece ninguém percebeu que antes do início do terceiro set a Sheilla chamou todas as jogadoras num círculo e falou pra caramba, tentando incentivar, botar pra cima. Ela é a jogadora que está sempre puxando o time, dando moral pra jogadora que erra, recebendo as que entram na beira da quadra, é a que mais comemora cada ponto, grita, pula, pede, sim bola o tempo todo, NUNCA, vi a Sheilla se esquivando de jogo não e quem diz o contrário ou não gosta da jogadora ou é cego mesmo. Se isso não é ser líder, então não sei o que esperam dela. Talvez que vire SEMPRE todas as bolas. Que não erre nunca. Como se isso fosse assim simples o tempo todo. Ela tentou jogar, mas ela é humana também, poxa! E mais uma coisa: se o problema fossem a Mari ou a Sheilla, o Zé Roberto não teria feito aquele escândalo com a Dani Lins que até ameaçada foi e pra todo mundo ouvir.
Anônimo disse…
^^
Estava demorando para aparecer alguém jogando a culpa pela derrota no eterno bode expiatório da seleção brasileira. Até estranhei...[2]

kkkkkkkkkkkkk
100% N Y A disse…
Se o PROBLEMA fosse a MARI...como seria mais fácil de RESOLVER...

O JOSÉ ROBERTO tinha SACADO ela de QUADRA. Ele fez ISSO na úlltima partida do WGP 2009 quando ela NÃO estava BEM...ele não iria PERDER essa CHANCE...Acho que está prá NASCER uma jogadora que o Zé mais cobre RENDIMENTO que a MARI...oopsss...agora tem DANI LINS...

NÃO faço parte de nenhum SHARI-FÃ só NÃO acho JUSTO colocar ela de "bode expiatório"(créditos p/o Marcelo)

Quem SABE do POTENCIAL da Mari viu que ela jogou ABAIXO...agora que a atuação dela foi CAUSADORA da DERROTA...não rola...ela NUNCA vibra porque AGORA vai ser OBRIGADA a vibrar...para vai...

LaCauda(quase uma Ana Wintour) você é FOGO...reparar os DENTINHOS da Piccinini...adoro os detalhes que você vê...continua POR FAVOR assim...só risadas...

Nayanna.
100% N Y A disse…
Putzzz...AINDA esqueci de mencionar a "MENINA POMBA" da Coréia...na sua lista de DETALHES LaCauda...KKKKKKKK

Agora Fuiiiiii.
Nayanna.
Anônimo disse…
"porque não eh do estilo do jogo dela"
KKKkkkkkkkkkkkk!

Já pensou se todas pensassem assim?

Imaginem:
Essa bola nao vou atacar porque não eh do meu estilo..

Só rindo.
Anônimo disse…
Piada! Tem um monte de gente com raiva, pois o passe da Mari está bom e não acharam a desculpa para pôr a culpa nela. Então precisam inventar.



Go Mari! Arrebenta hoje para esse MVP ser seu!
Anônimo disse…
Aiiiin, gente. Depois de uma temporada linda na Europa estou de volta.

Chokadíssima com o Brasil abrindo as pernas para as bichts. Mas faz paaaaarte. By aquele filosofo do BBB(Cruzes! Lembrar disso é a cara da pobreza).

Diva Mari passando HORRORES, e, até aquelas uós não pararem de levantar bolas para ela, estava atacando muito também. No dia que Mari, a jogadora com mais classe do Brasil, resolver ficar farofenta como a Fabi ou atriz como a musa do Tietê, espero não estar viva para ver. Será uma decepção.

Zé Roberto tem que deixar as jogadoras amarem. Deixou só a Pokahontas, as outras ficaram enciumadas. Estão todas preocupadas com o amor. Paulinha pôs silicone para agradar o gatogostoso, Folhas, Thaísa aumentou também para agarrar o bofe estranho q ela namora, ainda não deu certo. DivaMari não tem privacidade, tempo... Zé só querendo que a menina seja líbero... Sheillinha fica chateda por ficar só... enfim, Zé, dê um jeito, lindo. Brasil perder para aquelas uós não dá.

Bjosatodosdivamarimeliguequandovoltar.
Vamosfervernassemisdopaulista. Gritareihorroresporvc.

Lady Gaga
Anônimo disse…
Algumas observações:

(...) “Mari se a bola não estava nos seus 100% ela simplesmente passava pro outro lado ou batia a meia força e contra um time, q como disse o Zé, "q defende pra caralho" desperdiçar o ataque eh suicídio.”

É vero, definitivamente o “se vira nos trinta” não é muito a cara da Mari não, mas passar a bola de graça tmb é f#$@@... Incrível como a Mari, num jogo, pode parecer uma onça, já no jogo seguinte pode se transformar numa mansa gatinha, haha...

E Dani Lins, por favor, varie mais estas bolas... Thaísa, Gattaz, Adenízia e toda torcida brasileira agradeceriam! Pô, e q história é essa do JRG tê-la “ameaçado”(?). O q ele disse exatamente?

Tá, perdemos, não é o fim do mundo, e nem acredito ter sido responsabilidade “particular” de alguma das jogadoras. O conjunto sim é que esteve péssimo e não fez nem o MOBRAL que deveria pra sairmos vitoriosos. Lembrando que mesmo sem "ter entrado em quadra”, a SFV não deixou o placar tão dilatado pra Itália!

Agora, nada me convencerá do contrário que o time entrou em quadra um tanto “assustado” (principalmente as levantadoras) com as declarações de véspera do JRG mesmo pq, muito embora, tenhamos atacantes experientes no elenco, o comando de nosso levantamento é, ainda, pouco ou nada “rodado” (internacionalmente falando, é claro).

É por isso q, às vezes, o melhor é ficar calado e deixar o “favoritismo” implícito no ar, Sr. JRG, mesmo porque qdo a final é contra as russas o Sr. considera o time Russo o “melhor do mundo”, da mesma forma que colocou o time Italiano nessa ocasião. Ah, fala sério... Humildade pouca é bobagem!
Anônimo disse…
Tambem achei estranho o Ze falar com a Lins "assim vc vai sair".

Po ele mesmo fala em dar rodagem internacional pras jogadoras, agora é a hora do aprendizado ue vai querer ganhar todas meu caro nem Roger Federer consegue!

Na minha opiniao o Ze tinha que fazer um trabalho pensando na Olimpiada de 2012 e nao o Mundial 2010. Muito pouco tempo tempo pra ajustar o time e grande chance de queimar as novatas.

Nao adianta ficar nessa obsessao de "esse campeonato nós ainda não temos". Não adianta passar o carro na frente dos bois.
carol disse…
vai se fuder todo mundo que acha que tô colocando culpa em Mari. Fala sério, eu sou MUITO fã dela, acho ela a melhor. Mas cara, não dá pra fazer esse papel que ela tá fazendo não. Em momento algum eu falei que a culpa foi dela e da Sheilla. A culpa foi de todas, inclusive Dani Lins e Tiemi. O problema é que isso tudo é culpa do Zé que não preparou uma levantadora há mais tempo. Ficou com a Fofão achando que seria eterna e com a Carol Albuquerque na maioria das vezes. O pessoal confunde esse negócio de experiência. Vai dizer que Dani Lins e a Ana tem rodadem internacional? POrra, elas pegam o ÚNICO time que bate de frente com o Brasil no momento, e vcs querem que seja como? vcs estão tão descontrolados quanto o Zé, que adora gritar em momentos errados. Poxa, quando a menina precisa de apoio, com o emocional abalado pelo jogo difícil, o cara me fala: "Vc vai sair" ? ah fala sério né. Ou ele é assim sempre ou não é, pra que perder o controle em momentos como esse? Mas enfim, a gente não sabe o que acontece lá dentro, deve ter MUITA coisa por trás disso. Há sim um climão com a Dani Lins, e a gente não tem como saber de tudo. Mas então, resolvam de uma vez por todas, conversem ( como a lindona Marianne falava que fazia no Pesaro). O mundial tá perto e tá na hora de mexer no que tá errado. Ainda bem que foi agora, porque nós temos que ganhar esse título e VAMOS!
Parem de defender a Mari de tudo, ela não é o centro das atenções não. Se ela quer respeito, ela tem que dar também. Não ficar de birra como uma menininha mimada pelo técnico.
carol disse…
E concordo com quem disse que isso também foi bom para que elas se esforcem mais no grupo. E não tirem férias na superliga como a Mari fez no ano passado. VÃO TER QUE TRABALHAR MUITO PRA LEVAR O MUNDIAL! Assim espero.
E parem de falar em Fernandinha e Carol Albuquerque, pelo amor de Deus.
carol disse…
nos clubes ***

perdão.
Anônimo disse…
dentes da piccinini kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Anônimo disse…
Eu perdi algum lance dos jogos???
Qual foi o momento que explicitou o comportamento da Mari como menininha mimada pelo ZR?


Pelo contrário, pois logo depois que ela largou o "Vá tomar...” contra a ITA e deu o intervalo do TC, o Zé deu uma chamada nela sobre ter sido a primeira bola que acertava e estava falando daquele jeito.

Enfim, nunca vi a Mari ser privilegiada por ZR gostar dela.
Anônimo disse…
Pronto, estava demorando as teorias babacas.

A menina treina todo dia, duas vezes ao dia, sempre viajou dois, três dias de classe econômica, passa maus bocados com hospedagens e comidas horríveis, como todas as outras, já foi reserva, já foi cortada...e ainda dizem que ela é a menininha mimada do técnico.

Deve ser pecado o técnico gostar de uma jogadora que, diga-se de passagem, é espetacular e que está jogando por pura e simples competência.

Existem fases ruins para todos os atletas, inclusive para a Mari, o que não é o caso atualmente, pois ela só perdeu esse MVP por aqueles desastres de levantamentos contra a Itália e mais, a Mari foi um das poucas que estava puxando o time.

Mimados e privilegiados pelos técnicos são os mercenários e pilantras do futebol. É um Adriano da vida xinxeiro que inventou a desculpa de depressão para se livrar do seu compromisso profissional, enquanto cheirava pó uma semana na favela. É o gordômeno, outro cliente do pó e travequeiro...a lista é grande.
Anônimo disse…
Não, carol albuq. de novo nãããããoooo, hehehe...
Anônimo disse…
Sei não, de repente, elas estão precisando de férias, 1 mês sem olhar pra uma bola de vôlei. Do jeito que vai esse calendario maluco tá emendando um torneio atrás do outro. Daqui a pouco o time do departamento médico vai ser maior que o das disponiveis pra jogar...
Anônimo disse…
"Parem de defender a Mari de tudo, ela não é o centro das atenções não. Se ela quer respeito, ela tem que dar também. Não ficar de birra como uma menininha mimada pelo técnico."

O fato do Zé gostar da Mari, tratá-la como uma filha, não necessariamente quer dizer que ela seja mimada. Pára! pelo contrário, ela é sempre uma das mais cobradas por ele.

Onde a Mari faltou com respeito a Lins? Isso é teoria da conspiração, isso sim. Dani Lins, para quem não sabe, é um ano mais nova que Mari, Sheilla, tem amesma idade que Fabiana, e é mais velha que Thaísa. Claro que ela não tem a mesma experiência internacional que essas, mas ela deve sim ser cobrada. Quem não quer cobrança, quem não aguenta, que fique em casa vendo Bob Esponja.

Marcela.
Anônimo disse…
Comentário ridículo mimada é você, que não entende nada vôlei








Caio
Anônimo disse…
A Mari é uma das mais cobradas da seleção e esta num fase ótima, foi a melhor jogadora do Brasil na competição, foi a 2º melhor passadora, 2º melhor passado, quem diria.

A Mari precisa de férias, que além de passar, ataca, bloqueia, , além de treinar passe em tempo integral, , vai em bloqueio triplo, coisa que a Sheilla não faz só tá ali pra atacar e pronto, bem mas descansada.
Anônimo disse…
Sou totalmente contra a esses torcedores que gostam de escolher o Cristo para a cruz, como fazem e já fizeram com a Mari e alguns estão fazendo agora com a Dani Lins. Uma atleta não pode arcar com toda a culpa pela derrota em um esporte coletivo.

Tudo bem que a Dani Lins foi a principal culpada, mas não A CULPADA, pois a Sheilla, por exemplo, fez um péssimo campeonato, errou bolas nos momentos críticos, mesmo sendo a maior pontuadora em alguns jogos, o percentual de aproveitamento esteve muito abaixo do normal, independente dos levantamentos ruins, ou seja, teve sua parcela de culpa também. Assim como a Tiemi, como a Natália, como a Paula e como a Mari, apesar da melhor na competição entre as citadas, errou em alguns momentos.

Mas uma coisa não aceito nunca, que é essa defesa louca dos fãs da Dani Lins. Estão em que mundo? Como você quer ser a levantadora titular e capitã da Seleção campeã olímpica e não ser cobrada pelas suas responsabilidades?


Façam me o favor, mesmo com esses argumentos de bagagem, de rodagem, a vida é isso em qualquer área "Está na chuva é para se molhar". Tem que aguentar o "porradão". Se não aguenta, tem que procurar uma ajuda profissional, pois do jeito que está não dá.
Anônimo disse…
Pra quebrar o Stress e o baixo astral q dal dar uma olhada nas fotos da Geysi:
http://bobagento.com/orkut-da-geysi-da-uniban/
Anônimo disse…
"O sobe e desce das jogadoras em 2009." http://blogdobrunovoloch.blog.uol.com.br/
Anônimo disse…
Bom o q podemos concluir dessa CC?

1 - Tailândia em último lugar, atrás do Japão e da Coréia (compradora de vagas), põe em dúvida a "honestidade" da China pelo campeonato asiático.

2 - Não temos nenhuma atacante matadora do tipo Mammadova, Calderon ou Gamova, mas a média do potêncial d ataque do nosso conjunto é superior a qualquer time do mundo.

2- O q mais incomoda na derrota pra Itália, eh q a Itália vem copiando o vôlei do Brasil há anos, e hj joga o nosso vôlei melhor q a gente.

3 - O q o Brasil tem q fazer eh evoluir seu vôleibol, crescer, expandir, principalmente táticamente, o nosso potêncial individual, com excessão devido a pouca rodagem das nossas levantadoras, é superior no conjunto sem sombra de dúvidas.

4- O saque forçado nunca foi característica dos times do ZRG, mas errar saques não forçados é simplesmente imperdoável.

5- O Brasil ainda eh o melhor time do mundo, e não vai ser uma Lo Bianco q vai tirar isso da gente!
100% N Y A disse…
Cadê á LaCauda ????????




Nayanna.
Anônimo disse…
você que não entende de vôlei
marifã babaca!
Anônimo disse…
Lacauda, estou esperando ansiosa pelo seu novo post!
Analise a Copa dos Campeões, no geral!

Abraço!
Anônimo disse…
Passei pra ler o comentário da minha musa LADY GAGA. Arrasa Bee

Como foi na Europa? Eu estive em Monaco, mas foi uma passagem mto rapida, fui ver meu affair Justin Timberlake.

Meligaqdopuder
Tiemidivadaseleçãotemqueterhumildade


Susan Boyle