PP por Toda Parte

Saiu a lista de convocadas para o Sul-americano. É mesmo time do Grand Prix, troca-se apenas a Regiane pela Paula Pequeno. Mudança esperada e prevista por todo mundo. 

 

Aliás, a Paula tem um marketing impressionante. Como disse, a volta dela era completamente esperada. Sofreu uma cirurgia, se recuperou e voltou. Nada demais. Mas é óbvio que se tornou notícia em tudo que é site de esporte como se fosse o retorno do século.

Exagero meu? Pode ser. É que me cansa este tô-sempre-na-mídia da Paula.

*****************************
 
Deixando as antipatias de lado, que bom pra gente que ela está voltando. Apesar do Zé falar que a posição agora é da Natália, é só a Paula melhorar fisicamente para assumir o seu lugar. 
Provavelmente, na Copa dos Campeões vamos ter em quadra o trio das pontas campeão olímpico de volta: Mari, Paula e Sheilla.

*****************************
Falando em Copa dos Campeões, a competição vai contar com a ilustríssima participação da Tailândia. A China perdeu a final da Copa Asiática para as tailandesas e não se classificou.
 
A China ainda pode entrar como convidada - o famoso “wild card”, que recuperaria (em parte) o orgulho chinês. A Tailândia não é mau time – ficou à frente de EUA e República Dominicana no Grand Prix – mas, cá entre nós, é um vexame ser eliminada por ela.

Comentários

Anônimo disse…
Sheilla Oposto.
Anônimo disse…
Sobre a PP, a observação foi muito pertinente. É verdade, vira e mexe ela tá na "mídia" ou pelo menos aparece com mais freqüência q as outras. E se voltar bem, pode mesmo colocar a Natália no banco tra vez.

E qto. a China... Caramba, o q tá acontecendo com elas? É de impressionar q estejam caindo deste jeito, pois sempre foram a melhor equipe Asiática de vôlei, disparado.

Chego a crer q aquela taka q levaram das Brasileiras em Pequim causou um grande trauma ao voleibol feminino Chinês, hehe...
Anônimo disse…
E quem diria, amanhã teremos uma Cubana atuando em terras Brasileiras!

Se jogar a metade do que jogava pela seleção Cubana, tá bom demais. Mas num sei não, será q ainda faz (pelo menos) raiva?
Ana disse…
Paula pode estar mais na mídia ou até tentar ser a mais popular, mas não consegue. Tem horas que acho que é muito forçado como foi ano passado em Fortaleza. O cara do SporTV falando toda hora que o ginásio vinha a baixo com ela e que ela era a mais procurada, mas era nítido (tanto pela TV como pelos depoimentos de quem estava lá) que o negócio fervia mesmo com Mari, Sheilla e Fofão. A única coisa que a Paula ganha de todas é com o marketing pessoal (não me esqueço do seu procurador falando que ela era o Giba da seleção feminina - rí muito quando lí isso porque ao meu ver, na feminina, não se tem alguém que se destaque muito das demais, há um ótimo revezamento, a cada campeonato tem-se uma MVP diferente, ao contrário da masculina que teve um Giba ganhando todos os MVPs desde Athenas, só não ganhou em 2008). Alías se não me engano, o procurador da Paula trabalha também com a CBV, o que justifica e explica tanto oba-oba em cima dela por parte da mídia esportiva (tudo que sai na CBV é copiado, assim se sai muito sobre ela lá, vai sair também em outros sites). Mas no mais, que ela se recupere logo para o Brasil poder voltar com o trio de atacantes de fundo que qualquer seleção do mundo gostaria de ter. Paula, Sheilla e Mari juntas são imbatíveis e o conjunto de atacantes dos sonhos. Só não precisa forçar a barra, sabemos da sua importância e excelência, querer aparecer demais pode trazer certa antipatia, como a que tenho por ela.
Anônimo disse…
A Paula aparece mais porque ela, assim como o Giba, "são a cara do povo brasileiro", e os meios de comunicação, e principalmente a Globo, adoram isso. O que a Globo faz com o Giba é algo patético, trata-o como se fosse um Deus, coisa que ele está longe de ser. No caso da Paula, salvo as devidas proporções, fazem o mesmo. Ultimamente, ela pareceu da seguinte forma. Jogou no "sacríficio" a final da Superliga, por "amor" ao Finasa/Bradesco, perdeu, chou em seguida consternada com o fim da equipe, anunciou uma cirurgia, deixou o amor de lado e foi pra Rússia, volta de cirurgia... enfim, nos últimos meses essa foi Paula Pequeno.

Sinceramente, prefiro a discrição da Thaísa, a raça verdadeira da Fabiana, ela não precisa bater no peito, muito menos ficar dizendo que ama o Rexona. Ponto.

Com desprendimento de preferências pessoais, todo mundo que acompanha vôlei "mais de perto", sabe que quem "causa" mais no mundo do vôlei são, respectivamente, Venturini e Mari, por uma série de coisas. Se tivéssemos que eleger uma "estrela" da seleção, essa com certeza não seria PP.

_________________________________

Amanhã tem a tão esperada estreia da Regla Bell. Blausiegel x Taboão.

Outro grande jogo amanhã pelo Paulista é Osasco x Pinheiros.

JP
LaCauda disse…
Querido, Anônimo
Sei que a Sheilla é oposto. Evitei escrever na frase para não ficar mt extenso, ficar definindo todas as posições. E acho q td mundo entendeu, não é mesmo?

Qd escrevi, bem q me veio a cabeça: "alguém muito apegado aos detalhes vai me corrigir".
E foi o q aconteceu.Bem feito pra mim. Antes eu tivesse deixado a preguiça de lado e posto "trio de ponteiras/oposto" do que ter que escrever td isso pra explicar.
rafinha disse…
É totalmente válido o MKT pessoal da Paula, falta muito disso no vôlei para valorizarem mais o esporte. Fico imaginando a Mari com um mkt desses! Sem isso ela já cauda horrores, imagina com um reforcinho. Do jeito que exageram na contusão da Paula dá pra imaginar q ela fez uma amputação da perna e irá jogar pelo resto da vida com prótese!
E La Cauda, o povo é chato mesmo, além do q oposto é ponteira sim, já q joga pelas pontas, tanto q mtos se referem como ponteiras passadoras não só como ponteiras, já q incluiria tb a oposta hehe
Anônimo disse…
Rafinha, qual o n. do seu OAB, gato?
Anônimo disse…
Paula chatinha, mas certa em fazer isso mesmo. Mkt, com talento, ajuda. E como ajuda.

Se os dirigentes do Vôlei fossem mais inteligentes e o usasse com competência, o esporte seria mais valorizado e teria mais torcedores e público.
Anônimo disse…
Desde daquela sacanagem q a China fez com o Brasil no Mundial da Alemanha, eu fiquei com antipatía pelo time chinês. Pra quem não lembra, a China era a favoritíssima ao título e o Brasil dependía só de um resultado de um jogo entre a China e um time mediano, onde bastava a China vencer para o Brasil ter condições de ir às finais, mas o q a China fez?? Pôs todo o time reserva pra jogar e perdeu o jogo, eliminando o Brasil por tabela. Paula e Sheilla já faziam parte dessa seleção, e quando as chinesas chegaram no restaurante, toda a CT aplaudiu as chinesas pelo joguinho baixo q fizeram, depois até teve pedido formal de desculpas mas já era tarde demais.

Isso sem falar, da criança dublê q puseram na abertura dos jogos em Pequim, só porque a criança cantora original não era bonita. Achei um absurdo.

Enfim, parece q a honestidade não é a característica principal delas.

E até onde eu sei, a Tailândia, q dizem q eh um país lindo mas q eh também o "puteiro" do Mundo, é um país muito querido no Ásia, não sei até q ponto a derrota da China para a qualificação da Tailândia foi por mérito do time tailândês, onde a jogadora mais alta tem 1.80m, tirando uma única de 1.89m, ou foi por outros interesses.
Anônimo disse…
Pessoalmente não gosto da Paula, acho ela antipatica, forçada (até o seu sorriso de tubarão). Ela tem uma ansiedade p/ assumir uma postura de líder/simbolo desse grupo ( o que considero impossivel, pela personalidade das jogadoras. A Mari já declarou que no volei as coisas não funcionam com mandos e desmandos e sim com conversas entre o grupo). Torço pela sua melhora, mas torço principalmente que a Natalia ou outra jogadora se firme, ela banque (p/ baixar a sua bola, e a de seus agentes).
Finalmente alguém teve a coragem de escrever isso que eu já percebia.
Prefiro uma seleção de varias caras, não só de uma!

carla
Anônimo disse…
Oi, sei que a minha pergunta não tem nada a ver com o tópico, mas alguém sabe alguma sobre o patrocínio da Nestlé para o time de Osasco? Elas continuam jogando sem patrocinador na camisa.
Valeu, Paulino
Anônimo disse…
A Nestlé será anunciada como patrocinadora do Osasco nessa segunda feira às 10h, Paulino. A partir daí, no segundo turno do Paulista no caso, elas passarão a estampar o logo "Sollys" em seus uniformes.
Anônimo disse…
Geeeeeenten, pára o mundo que eu quero descer agorinha mesmo. O que são essas fotos da Divaloiralindaemaravilhosa? Chokkkkdíssima! Que cara de rica do interior da Alemanha a diva tem. Olhem e morram de inveja, branca viu pra não dar mal-olhado, rasguem-se, admirem, venerem... a estrela MAIOR do vôlei brasileiro, quiçá mundial.

http://fotografosemcena.blogspot.com/2009/08/making-off-das-campeas-mundiais-de.html

Gente, já imaginou se a Mari tivesse um marido como o Folhas, ex-jogador em atividade, que não faz nada da vida, apenas cuida da carreira e usufrui de sua grana, para ficar mandando "notinhas" pra imprensa?

Como um amigo escreveu uma vez: "A Mari não pula, não berra, não mostra os dentes, não faz cara de Juma Marruá para as câmeras e é badalada nos quatro cantos do mundo, e ainda tem mais fãs que qualquer jogadora no Brasil. Agora vamos refletir: imagine se a Mari fizesse todo um espetáculo durante os jogos, estilo Paula Pequeno?!?! Ela seria a Madonna do esporte brasileiro."

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Nunca esqueci disso, e olha que já faz teeeempo.

Beijosatodosmeliguemqueridos

Lady Gaga.
Anônimo disse…
Só uma coisa: Paula Pequeno é gente q faz, rs...

Volta, PP.
Anônimo disse…
Karamba, como a Mari cresceu, rs...

Hoje tá só no "Baba, baby, baba", hehe...
Anônimo disse…
O ouro encheu muito o EGO da nossas jogadoras, essa vaidade/rivalidade não acrescenta nada pro vôleibol, pelo contrário, vai contra a união do grupo, isso não é bom.

Vale a pena lembrar q deu pra perceber q a Rússia ta preparando um time forte, imaginem um trio Gamova-Kosheleva-Sokolova? Q trabalho vai dar!, Cuba escondendo o jogo, a Itália com time juvenil muito bom e atrevido como vimos no Montreux, a Alemanha campeã juvenil e a China q não da pra confiar se esta em um mal momento ou escondendo o jogo.

Gosto muito das nossas jogadoras, mas em primeiro lugar prefiro o nosso time, o time q representa o Brasil, aquele q consegue ficar la em cima do pódio.
Anônimo disse…
Alguém sabe como foi a Tia Regla Bell no jogo?
Anônimo disse…
Loira linda...
Anônimo disse…
Cuba escondendo o jogo foi ótimo. Querido(a), elas não acharam o jogo, isso sim. E agora com a Calderon grávida aí sim que elas estarão no fundo do poço. Não digo que até Londres elas não possam se reerguer, podem sim, mas dizer que estão escondendo o jogo é patético, elas estão, nesse momento, mal, sem desculpas.

Bell, pra quem está voltando, jogou bem. Atacaou, bloqueou, quinou... mas foi bem.

Só pra engrossar o coro, MARI causa demais.
Anônimo disse…
Acho q estamos especulando muito por aqui. Não vejo rivalidade nesta seleção renovada, apesar de não descartar a possibilidade de haver um ou outro desentendimento entre as atacantes e a Lins.

É apenas o começo de uma renovação com substituição de peça-chave q durava anos e anos.

Paciência é uma virtude e requisito fundamental neste momento pra q tudo corra bem adiante.

Qto. as outras seleções penso que:

Cuba tornou-se apenas 1 time do século passado.

E a onda do momento é "torturar" (no melhor sentido da palavra, hehe) as mulheres-muralhas da Rússia.

Aproveitando o embalo: China, ó China, onde estás q não respondes?
Anônimo disse…
As ponteiras são Mari, Natália, Paula e Sassá. Jaqueline, para mim, dançou. No ataque não temos nenhuma carência, mesmo porque seu ataque tem muita deficiência, e no fundo de quadra e passe, seu diferencial, temos uma Sassá competente, dedicada e focada na Seleção, para os maus momentos.

A única coisa que falta saber é se a Paula conseguirá seu lugar de titular de volta, ao lado da Mari. Particularmente, acho que a segunda ponteira será uma vaga de titulares momentâneas.

Pela evolução, qualidade e personalidade da Natália, mesmo que a Paula consiga voltar firme, será uma vaga com constante rodízio. O Zé não vai abdicar da oportunidade de manter a Natália em evolução e acho que esta está sendo preparada para liderar o ataque do próximo ciclo olímpico, já que nossas demais atacantes já divulgaram que pretendem se despedir da Seleção em Londres.
Anônimo disse…
Jaqueline q nada! Eu quero ver Joycinha nesse sul-americano arrrrasando contra o Peru!
Anônimo disse…
ISSO AI...JOYCE MVP. SHEILLA QUE SE CUIDE. SE BOBEAR, JOYCINHA PIMBA!
Anônimo disse…
Joycinha o terror das peruanas, o Zé tem q por ela nesse jogo gente!
Anônimo disse…
mas ela tem q entrar com placar bem folgado, ahe é Joycinha SHOW !!
Anônimo disse…
Que Joycinha nada! O Sul-Americano é muito difícil e diante da dificuldade e qualidade técnica dos nossos adversários temos que jogar com todas as “intocáveis”.

Não podemos arriscar em um campeonato classificatório, no qual jogaremos contra adversários tão fortes.

Por exemplo, o Peru ficou em quarto lugar no Final Four. Morro de medo de surpresas.
Anônimo disse…
Esse negócio de esconder o jogo me lembra o GP 2008. O povo dizendo que as outras seleções tavam escondendo o jogo porque o Brasil ganhou muito facil. Pois bem, esconderam tão bem que não acharam quando realmente precisaram jogar , 1 mes depois , nos Jogos Olímpicos. Deu no que deu.
Anônimo disse…
Gente Mari a Cameron Diaz... linda demais a foto dela agarrada na bola!!!

ahhhhhh, Paula vai querer também!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Ensaio, tubarão branco contra ataca
Anônimo disse…
LaCauda,

Bem q vc podia lançar de vez em quando umas enquetes, tipo:

Numa situação de ponto decisivo no Tie-brake entre um jogo Brasil e Rússia, para quem vc acha q
a levantadora devería jogar a bola?

a) Mari
b) Thaísa
c) Sheilla
d) Fabiana
e) Natália
f) P/quem estiver cruzando com a levantadora adversária.
g) Joycinha (rs)
Anônimo disse…
A letra F? rs
Anônimo disse…
a opção (f) não pode, nessa situação, já houve a inversão 5-1, e a levantadora não vai ta mais na rede.
Anônimo disse…
Boa.
Anônimo disse…
Concluindo: "Cada mergulho é um flash"
Anônimo disse…
O negócio e não entrar dentro do estilo de jogo das russas, jogo lento com bola altíssimas na ponta, se ficar nesse mesmo esquema é que fica perigoso.
Anônimo disse…
"Com novo patrocinador, Osasco passa a se chamar Sollys e fica laranja."

http://esporte.uol.com.br/volei/ultimas/2009/09/21/ult4367u3612.jhtm

Uniforme muito do feio e mais a príncipio o patrocínio é de apenas um ano. A diretora de marketing da Nestlé soltou a pérola "não estamos acostumados a sermos vice, vamos entrar pra ganhar". Ela falou isso ao lado do Luizomar. kkkkkkkkkkkkkkkk

E Jaqueline nem na apresentação de seu time esquece de falr de seu casamento, do seu macho... já deu néh? Chata demais! Vira dondoca logo e pronto.

http://tvig.ig.com.br/163255/jaqueline-fala-sobre-retorno-ao-brasil.htm
Anônimo disse…
Izael Sinem Junior, diretor da Nestlé, falou sobre um dos assuntos mais importantes que o vôlei enfrenta: a transmissão em TV aberta e a retirada do nome do patrocinador durante a transmissão.

Engajado nessa luta, o diretor pretende se juntar à comissão que discute juntamente com a CBV os assuntos burocráticos, entre eles o direito de imagem sobre a transmissão em TV aberta. “Estava conversando com o Luizomar sobre isso. Vamos fazer parte sim da comissão para as reuniões com a CBV.

É óbvio que tudo que pudermos fazer para melhorar a divulgação do esporte, para que ele tenha a exposição adequada, vamos fazer. Vamos trabalhar neste sentido”. (Fonte: MDV)

Portanto, Izael pra presidente já! Hehe...
Anônimo disse…
Sassá é gente q faz.
Sassá: MVP do Sulamericano, rs.
Anônimo disse…
Sassa não vale,
Sassá Café com Leite
Anônimo disse…
Tem q ter uma mudança geral nesses uniformes, não ta dando mais, q volte o sungao, o macaquinho, a bermuda no lugar do shortinho, camisa com gola e manga, um corte melhor, design, cores, etc.. precisa-se de um estilista urgente! Um pouco mais de classe e bom gosto nao fal mal a ninguém.

ps: japonesas e italianas tem os melhores uniformes.
Anônimo disse…
Ah, é claro q a Sassá é café c/ leite, purkê a minha moreninha é nota 10, rs.

Sassá: MVP do Sulamericano, hehe...