Menos, Fernandinha, menos

 
O Voloch publicou em seu blog uma entrevista com o Zé Roberto: http://blogdobrunovoloch.blog.uol.com.br/

Vários tópicos podem ser discutidos aqui, mas escolhi comentar primeiro o “Caso Fernandinha”. Pra quem não lembra, coloquei um trecho do post que fiz sobre a entrevista da levantadora para o Voloch, logo que saiu a convocação:
 
Resta saber se o Zé vai domar tanta 'personalidade' da Fernandinha: "Gosto de jogar solta em quadra e pensando sozinha, não tendo um "cara" atrás de mim mandando fazer isso ou aquilo. Claro que posso e devo ouvir dicas do treinador para me ajudar, mas preciso pensar sozinha, é isso.". Viu, Zé? É melhor ficar quieto! (P.V, 2 abril)

 
*****************************

É, a Fernandinha falou demais. Mal tinha sido convocada - dentre uma lista enorme – e já saiu dizendo asneiras. Acho que alguém que está entrando em um grupo, no início de um trabalho, teria mesmo era que baixar a bola e começar com humildade.
 
Além disso, ela deveria ter tido mais cuidado ao falar sobre a convocação. Afinal, sempre abre brecha para más interpretações, aquela coisa “não foi exatamente isso que eu quis dizer”. Foi mancada dela e, para azar da própria, a bola fora não passou despercebida pelo Zé.
*****************************
 
A Fernandinha é uma jogadora de ‘personalidade’ (só para repetir o chavão). Mas tal característica não pode jogar contra ela. Há momentos e momentos para se marcar presença e, como diria a minha avó, prudência e caldo de galinha não fazem mal a ninguém.

Ora, que treinador vai querer lidar com alguém que já vai metendo banca assim logo de cara? Se eu posso ter um jogador que me escuta, está disposto a aprender e sob o qual tenho mais controle, porque vou querer treinar um “rebelde” e dono de si?

E o futuro pode ser complicado pra Fernandinha. Desfazer essa imagem com o Zé não vai ser fácil. Ele não passa a borracha nas coisas assim tão facilmente - vide a história com a Mari. O Zé certamente vai ficar com os dois pés atrás com ela, mesmo se a convocar.

Comentários

Gabriel de Jesus disse…
eu sempre disse: fernandinha resolveu ser Fernanda na hora errada
Anônimo disse…
ZRG sabe muito bem a dor de cabeça que uma Fernanda trás para um time. Ainda mais uma iniciante já querendo trazer a marra insuportável de outrora. Começou errado. Não é à toa que a Venturini, apesar de ter sido muito talentosa, é a campeã da antipatia e soberba.


Renato Ribeiro
Anônimo disse…
Fernandinha pagou pela boca. Todo mundo sabia que depois daquela entrevista ela teria chance zero de seleção.

Sinceramente, eu não acho que ela seria convocada mesmo sem entrevista. O Zé Roberto nunca foi fã dela, convocou-a mais por "pressão", do Voloch inclusive. Acho que essas declarações vieram a calhar pra ele.

Terão mais posts abordando pontos da entrevista? Tenho muitos comentários a fazer. hauhauhau

Achei a entrevista do Zé perfeita. Sensata, inteligente... Esse ouro fez um bem a ele imedível.

JP
Anônimo disse…
Fernandinha se sentindo a Takeshita.. O Final Four não vai ser transmitido hj??
LaCauda disse…
"Fernandinha se sentindo a Takeshita" haha

Jp, é minha intenção comentar outros pontos da entrevista. Vamos ver se consigo tempo pra escrever...

Mas se quiser, pode mandar bala e já fazer seus comentários! ;)
Edson disse…
Hoje teve transmissão por esse link aqui. Eles estão trasnmitindo todos os jogos. http://www.blogtv.com/people/americatv

Brasil venceu os EUA por 3x2, detalhe que o time americano voltou com as "figuronas" Bown e Berg, obesas, Sykora, Metcalf... e por incrível que pareça, as garotas que vieram ao Grand Prix estão melhores.

O Brasil esteve muito inconstante, regiane e foi e voltou ao banco, Garay entrou bem. Melhores da partida, pra mim, Brait e Adê. Tiemi razoável, Sassá e Gattaz idem.
Edson disse…
Esqueci de comentar no post anterior, mas apenas um comentário simples sobre a entrevista do Zé. Foi coerente, direto e simples. Perfeito.
Anônimo disse…
Boa a entrevista do JRG, embora não concorde com tudo.

Ao menos ele já está começando a pensar “igual” a torcida. Se antes era “impossível” vermos jovens promessas em quadra, hoje vem apostando firme em novos valores e deixando o velho conservadorismo um pouco de lado.

Acho q a medalha de Ouro em Pequim tá fazendo um bem a ele e é a principal responsável por toda esta mudança na mentalidade do treinador. Pode ser q esteja se sentindo mais leve, menos pressionado talvez...

Destacaria os seguintes trechos da entrevista:

1 – Dani Lins: sabe das dificuldades q a levantadora vai enfrentar e compreende q só com o tempo (e rodagem, é claro) vai “amadurecer” gradativamente seu jogo e atingir o ápice.

2 – Natália: concordo em tudo o q disse sobre esta jogadora. E acrescentaria mais: quando a Natália aprender a passar ou pelo menos minimizar/regularizar os erros de passe, será a jogadora a ser marcada, a n° 1 da nova geração.

3 – Paula: não é segredo pra ninguém o quanto esta jogadora é raçuda, inteligente e joga por amor à seleção brasileira. É a cara da SFV! Tem crédito sobrando, mas vai precisar reconquistar sua titularidade, q conta hoje com Mari e a própria Natália nas pontas. A seu favor tem o fundamento passe, q executa com maior regularidade q as duas acima.

4 – Sassá: “Mas não posso esquecer da Sassá e sua importância dentro do grupo. Ela dá um equilíbrio muito grande no passe, saca bem e é uma alternativa de ataque diferenciada pela sua habilidade”. Pois é, JRG... Falou tudo.

5 – Fabí: não fez boas apresentações no GP, mas isso ficou justificado por sua contusão (pouco divulgada por sinal) o q exigiu muito dela (sem Sassá em quadra e contando com Mari e Natália na retaguarda).

6 – C. Brait: aqui eu já começo a discordar. Não concordo quando diz: “A Camila é muito jovem ainda e poderia queimar a jogadora”. Ora, e pra quê a convocou então? Garanto q não foi pra ficar assistindo a Fabi jogando. Além do mais, se fosse pra “queimar” mesmo, no mínimo ele estaria apenas adiando esta situação (mas não creio q isso fosse acontecer com esta jogadora de personalidade) tanto é que ESTÁ titular no Final Four, mas ainda não É na seleção “principal”.

7 – Thaísa e Fabiana: com certeza, dentre as melhores do mundo sim!

8 – Lia: já atuou pela seleção e fez boas partidas. Tem 1 ataque diferenciado e um bom saque viagem, ou seja, tem tudo pra ser uma “versão” do André Nascimento, hehe.

9 – Seleção masculina de vôlei: Discordo também. Peraí, JRG... Falar que o caminho deles foi mais “fácil” que o delas já é demais, né? Poxa, eles também sofreram renovação (acho q bem maior q a feminina) e, mesmo assim, continuam no topo. Acho que esta questão da “hegemonia” (imposição) do Voleibol Brasileiro frente às outras Seleções, vem muito do comando do time, pois é um “reflexo” dele. E o Bernardo mesmo contando com um grupo praticamente “fechado” em mãos, sempre aposta no material humano q tem, além de lutar COM e PELO grupo. É por isso que, ORA estão entre os três primeiros colocados (caso de 2008), ORA são campeões, mesmo contando com jovens valores em quadra. Portanto, sem essa de caminho fácil, JRG!

10 – E parece q o Gustavo tá voltando aí. Confiança é tudo, hehe...

Lukas.
Anônimo disse…
Lukas,

Tá faltando vc explicar o q eh "explorar bloqueio" e o q eh " saque viagem"..
Anônimo disse…
Sr. "Anônimo", tu ainda não sabes? Então, dirija-se ao Google e tente encontrar alguma coisa por lá, hehehe...

Lukas.
Anônimo disse…
^

hauhauhauhauhauahuh

Olha, eu apenas deduzi que ouve um 'stress' entre Mari e Lins no GP, mas pelo visto houve mesmo. A declaração do Zé: "ela tem que parar de respeitar demais certas atacantes" me faz entender isso. Foi visível a insatisfação de Sheilla. no início, Mari, na fase final, e por vezes até a Thaísa, reclamando ou "desgostosas" com as bolas da Lins. Eu particularmente acho que ela não está errada nesse respeito, afinal, como todos disseram no início, a levantadora que assumisse estaria levantando para campeãs olímpicas. Querendo os fãs da Lins e o Zé ou não, ela é a novata que não ganhou nada ainda, ela deve sim "respeito" as outras. No mais, 'mexer' com Mari é mexer em vespeiro. Muitas amigas, muitos fãs...

Sobre a Natália... sem dúvida seu talento é inquestionável. Bete muito forte, bloqueia muito... mas não a vejo como essa "joia" toda. Acho uma precipitação falar em melhor do mundo. Voltando ao exemplo da Mari, com a idade da Natália ela fazia quase 500 pontos na Superliga 03/04, e era "A jogadora" da seleção em 2004. Podem dizer: "Há, mas era na saída", certo, mas com a idade da Natália eterno "diamante bruto" a Mari jogava muito mais. Estou esperando a Natália 'explodir' desde 2005. Mas... veremos do que ela é capaz, hoje é sem dúvida titular da seleção.

Líberos... eu acho, apenas um palpite, que a Brait ainda vai "tombar" a fabi nesse ciclo. Ela está em uma ascensão incrível, já a Fabi. Brait jogou muito ontem.

Paula e Jaqueline são incognitas pra mim. A primeira por seu joelho e por está indo jogar em um campeonato de bolas altas. Sinceramente, acho que ela terá um ano muito difícil. A segunda trata sua carreira em função de outras coisas e vai pagar por isso, as declarações do Zé não são favoráveis a ela. Sassá com muito mais crédito.

Por fim, não sei pq as pessoas se "doem" qnd o Zé resolve falar da SMF, deixa o cara falar o q pensa. Por anos falaram dele e ninguém reclamava. No mais quero q a seleção masculina voe pela Air France.

JP
Anônimo disse…
Me respondam uma coisa, o Paulo Coco revelou problemas com Zé, na entrevista coletiva da For?????
Gabriel de Jesus disse…
JP
Voar pela Air France? KKKK
Anônimo disse…
A Lins discutiu sim com a Mari. É só assistir ao intervalo do 16° ponto do 3° Set. BRA X JAP.
Anônimo disse…
No mais quero que a SMV voe pela Air France. [2]

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Boa! Não é pra tanto, mas odeio essa babação toda pela seleção masculina também.
Anônimo disse…
Vídeo do jogo de ontem. http://www.youtube.com/watch?v=f5KM2-Uk0MA&feature=related

Achei engraçado no 9:06 o narrador peruano falando, meio que em português, "Frecuencia Latina e você, tudo a ver". Eu tô enganado ou esse bordão é da Globo? kkkkkkkkkkkkkkkk

Não tem nesse vídeo, mas eles pasaram o jogo inteiro repetindo e achando graça dos palavrões do Paulo Coco. Os peruanos são loucos de pedra.
Anônimo disse…
Final Four
Brasil 3 x 2 EUA

Adenízia a melhor da partida, inclusive fechando o 15x13 no Tie. Brait muito bem.

Joycinha nao definía.

Sassá bloqueadíssima

Agora Régis não atacou, nao passou, nao defendeu..

Ps: Odeio a Berg.
Anônimo disse…
corr:
Adê fez o 14, Gattaz fez 15 no bloqueio.
Anônimo disse…
FINAL FOUR
Brasil x EUA

2ndo Set:
http://www.youtube.com/watch?v=gkDqJezMv8c

3 Set:
http://www.youtube.com/watch?v=PLWXDGTvQAc

4 Set:
http://www.youtube.com/watch?v=EzBsD11KOsE
Anônimo disse…
Falam da Mari, mas ela é tão diva que a outra deu seu piti e ela tratou de amenizar a situação tentando acalmar a estressadinha. Eu mandava um cala boca para ela ver o bom para a tosse.
Esse momento do piti da Danielle foi apenas o ápice, pois várias vezes antes, e depois, quem prestou atenção no jogo viu, a Mari estava buscando conversar para tentar acertar as jacas levantadas, e ela sempre demonstrando impaciência e irritação.

Rebeca Fuezi
Anônimo disse…
Eu tb vi, Rebeca.

Mas eu estou adorando os tapinhas com luva de pilica que a Sheilla está dando nela, não perdendo a oportunidade de deixar claro que ela não está preparada, que ela não tem titularidade garantida, o quanto deve estar sendo difícil para ela substituir a Fofão etc. Huahuahua

Quer levantar bola quadrada para as melhores do mundo e campeãs olímpicas e não ouvir críticas construtivas?

A Mari não é bombardeada pela qualidade do seu passe e administra isso?

Me poupe, Dani-SE Lins. Não sabe brincar não desce pro play.
Anônimo disse…
Atacantes mimadíssimas, mal-acostumadas com os ex-levantamentos da gênia Fofão e da Venturini, quería ver se a levantadora, fosse realmente uma abaixo da média, uma Akulova, Sheshenina, ou uma Staelens, ficaríam no mínimo enlouquecidas..Sigam o exemplo da Gamova, não importa se é jaca, a mulher põe a bola no chão e não falava uma palavra.
Anônimo disse…
Vc realmente deve assistir aos jogos da Rússia. Por exemplo, o último do Gran Prix contra o Brasil, Gamova estava esculachando a incompetente, e quando não esculacha, para evitar a fadiga, os olhares dela dizem mais que mil palavras.

Quanto a Danielle, o problema não é ser jaqueira. Isso todo mundo, infelizmente, já está se acostumando, pois pelo visto é o que teremos com a ela na seleção, ou seja, uma levantadora abaixo do nível da melhor seleção e jogadoras do mundo.

E o problema é mandar suas bolas quadradas para as atacantes é ainda se achar no direito de não ouvir as atacantes. Se fosse assim, ela teria que dá muitos berros na cara do Zé. huahuahua
Anônimo disse…
Estou adorando. A diva não abriu a boca para falar nada sobre essa pessoa. Quando abrir, se abrir, com certeza será com a sua tradicional classe.
Anônimo disse…
Valeu pelos link
;)


Gabriel de Jesus
Anônimo disse…
No mais, 'mexer' com Mari é mexer em vespeiro. Muitas amigas, muitos fãs... [2]

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Ainda acrescento a melhor oposta da atualidade pra lhe defender. Lins, pensa duas vezes bem.
Anônimo disse…
Assisto os jogos da Rússia sim, e foi com uma levantadora muito abaixo da média, que a Rússia foi campeã Mundial. Tá mais q na hora do Brasil deixar de ser tão dependente da levantadora, e de levantadoras geniais.
Anônimo disse…
Como dizía Fernanda Venturini: " Me passa a bola na mão que eu deixo vocês sem bloqueio."
Anônimo disse…
Com passe na mão ou não, Dani Lins não deixa nossas atacantes sem bloqueio (lembrando que toda regra tem sua exceção, logo não é sempre). Aliás, ela é até capaz de provocar umas furadas de bola. Mas, realmente, furadas de bola e largadas demasiadas de Thaísa, Mari e Fabiana são coisas corriqueiras de se ver, como se viu, principalmente, na fase final do GP. O problema é das atacantes mesmo, não da levantadora.
Anônimo disse…
mais msm que a bola va na mao, ela manda janca e com bloqueio montadissimo! tanto he que o zé mando ela presta atenção no jogo, pq a Gamova tinha saido/ou tava nao lembro, na rede! sem fala que manda a bola pro msm lugar varias vezes, da ate agonia de ve vei!
Anônimo disse…
problema das atacantes ? no jogo contra japan, oque foi a bola dela pra Thaisa ? e a Sheilla e a Nathalia que he pra quem ela manda bola, pq a Mari nao existia néh ¬¬ tava virando as jacas ! devem te saido dos jogos tudo tortas coitadas!
Anônimo disse…
e as meninas tão so largando pq nao da pra ataca as jacas D:
Anônimo disse…
É muito fácil arranjar culpados, mas o problema não é propriamente esse, e sim uma questão de adaptação a uma nova realidade. Sou totalmente contra bateção de boca Mari/Lins, nessa hora quem tem q se posicionar e ter uma atitude é o Zé, sou fã da Mari, e acho q QUANDO ela está em seus melhores dias, é a melhor atacante do Mundo, mas dahe ficar reclamando c/ a Lins, pisou na bola, isso eh tarefa do Zé, ele é o técnico.

E só por vias das dúvidas, é bom deixar claro, q a Lins mesmo com suas jacas ainda é muito melhor q Carol Albuquerque.
Susan Boyle disse…
Parem de falar da Mari e Lins. Vamos falar de quem está no grupo. Ok?



Susan Boyle


Site Oficial: http://telemagia.files.wordpress.com/2009/04/susan_boyle.jpg
Anônimo disse…
Não houve "bateção de boca" entre a Mari e a Lins e sim, o piti da Lins com a Mari. Como disseram acima, a Mari ainda buscou amenizar a situação, antes e depois do piti, porém Dona Danielle estava toda irritadiça.

Muito tempo dormindo de calça comprida dá nisso. Huahuahuahua
Anônimo disse…
Falando d quem esta no Grupo

FINAL FOUR
Brasil 3 x 0 Rep.Domenicana
(18-25 18-25 18-25)

http://www.youtube.com/watch?v=GFnurRsV124

Garay pelo visto, firmou no lugar da Régis.

Como bem disse uma vez Lili, com placar dilatado, Joycinha joga muito bem.

Tiemi é muito prática, não quer saber, se Adê tá virando, são 25 bolas pra Adê ou 25 bolas pra Garay.

O time jogou direitinho.

...

A Vargas volta e meia sente uma enxaqueca, uma dor na lombar, uma pressão baixa, uma frescurinha.

A Narração peruana é hilária, cada ponto parece um gol!
Anônimo disse…
"Com passe na mão ou não, Dani Lins não deixa nossas atacantes sem bloqueio (lembrando que toda regra tem sua exceção, logo não é sempre). Aliás, ela é até capaz de provocar umas furadas de bola. Mas, realmente, furadas de bola e largadas demasiadas de Thaísa, Mari e Fabiana são coisas corriqueiras de se ver, como se viu, principalmente, na fase final do GP. O problema é das atacantes mesmo, não da levantadora."
Para não deixar dúvidas, esta parte final escrevi de forma irônica. É óbvio que o problema é de 1 pessoa ao invés de 3 ou 5 atacantes (isso porque era uma oscilação danada, uma hora levantava bem para fulana e outra hora passava a levantar mal. Devia de dar uma amnésia temporaria na Dani de semana em semana, não tem outra explicação).
Tinha me esquecido de assinar.

Ana
Anônimo disse…
tava meio confusa com oque tinha dito, mais num pareceu ironia '-' sorry, e olha num he .. 1° semana no rio a bola so ia pra Mari ! a Sheillinha coitada tava fazendo figuraçao na quadra, 2° semana a bola so ia pra Sheilla e a Mari coitada nem tocava na bola(foi essa semana que ela tava dodoi? :/) 3° semana a Mari jogo muito e eu ashei que ia se mpv se jogasse a fase final assim, pq a Sheilla quase nao pegava na bola¬¬ dai na fase final ela pega a Mari de novo pra cristo :@ a Nathalia ela jogava bola pra ela sempre néh , mais pra Sheri ela não conseguia mante bem pras duas affs
Anônimo disse…
Vai, Dani Lins!
Anônimo disse…
*****MVP ******

e


*******Shari*****


:D
Anônimo disse…
Mari causa mesmo.Huahuahuahua

Kd a Fernandinha?????
Anônimo disse…
E qual levantadora tem condições de ser titular da SFV neste momento? Não vejo melhor opção que a Lins por estar + entrosada com a maioria das titulares da seleção. E se o JR a colocou lá é porque tmb acredita nisso.

Engraçado é q, com ela em quadra, levamos todos os campeonatos até o momento (isso sendo uma "jaqueira" como queiram).

Será q as atacantes levantam pra si mesmas?? Ora, é melhor apoiarmos a jogadora, até porque este é o grupo q provavelmente irá ao Mundial. Não creio q Fofão vá querer voltar após ter conseguido, merecidamente, a "recompensa" por que tanto lutou.

Vamos lá, Dani.

Lukas.
Anônimo disse…
levamos todos os campeonatos pq as atacantes se quebram e dao um jeito de vira as bolas ! mais no jogo da russia a gente quase leva bomba e ia perde o GP e sim ela he a opçao menos ruim que agente tem ! serio espero que logo ela comece a quebra a minha cara e jogue muito, mundial tem que se nosso !
Anônimo disse…
so sei que se a Lins compra briga com a Mari ela vai leva de brinde uma morena que de calminha so tem a cara :)
Anônimo disse…
Isso mesmo. De calminha a morena tem apenas a carinha.
Anônimo disse…
é, a Sheilla parece ser bem do tipo 'sou legal, mais não pisa no meu calo!' e o calo em questão é a Loira, como falaram Lins 'não mexe no vespeiro'
Anônimo disse…
Como dizía Fernanda Venturini: " Me passa a bola na mão que eu deixo vocês sem bloqueio."

Hum! Sei como é que é. No 24 x 19 de Atenas eu vi. Mandou um monte de jacas e deixou a Mari se estrepar com a culpa.


Bernardinho é tão legal e Fernanda idem, que a deveria colaborar com o vôlei brasileiro dando umas aulinhas de levantamento a Danielle lá no Unilever.
Anônimo disse…
No mais, 'mexer' com Mari é mexer em vespeiro. Muitas amigas, muitos fãs... [4]

Danielle, trata de voltar arrasando, gata, pois se já estava difícil para ti tendo as campeãs olímpicas te defendendo e dando o maior apoio, imagina agora que tu foste dar piti e mexer em vespeiro.
Anônimo disse…
“levamos todos os campeonatos pq as atacantes se quebram e dao um jeito de vira as bolas !”. Sim, é verdade. E não é justamente pra isso q elas estão lá, caramba!

Outra:

Como dizía Fernanda Venturini: " Me passa a bola na mão que eu deixo vocês sem bloqueio." Essa foi demais, hehehe... Olha, a Venturini é apenas levantadora, mas curso de especialização em “ilusionismo” acho que ela não fez não, rs...

E a narração Peruana tá mais pra comédia mesmo. A comentarista fica é rindo, pô.
Anônimo disse…
Eu me divirto com essa galera perdendo tempo discutindo bobagens: Fernanda? Me poupem. Essa já é finada, Pessoal. Quer dizer, isso se ela não inventar de voltar de novo para ganhar o sonhado ouro olímpico hehehe; Fofão, infelizmente, não vai voltar e; Dani Lins foi a escolhida pelo Zé Roberto, então tratem de se conformar, pois, apesar de ser duro, é a realidade.

É só visitar o cardiologista com freqüência. Simples assim!
Anônimo disse…
elas tão la pra vira bola sim! e tem que fazer o maximo pra vira as jacas sim ! mais com bola boa ajuda e muito, 1° pq he bola no chao certa e outra pq as atletas não vao fica com dor nas costas !
Anônimo disse…
Essa Mari!
Ibope maior n existe. Diva, puro luxo e glamour.

Até os que dizem a odiar, na verdade estão expressando de forma inconsciente sua dependência reprimida da Diva.

Quer ter um blog de sucesso? Posta sobre a diva mor. Hehehe
Anônimo disse…
Essa Fernanda Venturini era aquela levantadora que se aposentou algumas vezes? Não me digam que ela voltou novamente?





huahuahuahuahuahuahauh


Sabetudo
Anônimo disse…
Em Fernada Vintirini, kem é esa mossa, hã? É mais um novata é?
Anônimo disse…
Quem sabe qdo minha diva volta a jogar com a Fofão? Nus! saudade, uai.
Anônimo disse…
nem precisa posta nada sobre a Mari, pq tudo acaba nela msm D:
Anônimo disse…
nem precisa posta nada sobre a Mari, pq tudo acaba nela msm D: [2]