Little Post

Pra quem gosta de acontecimentos fora do comum, 2009 no vôlei feminino está um prato cheio. Primeiro a Tailândia venceu na Ásia, agora a República Dominicana na Norceca.


Pra se fazer justiça, o trabalho que o Marcos Kwiek tem feito durante esses anos na República Dominicana merece os parabéns. 

O fato das dominicanas terem vencido os EUA e chegado à final não surpreendeu – principalmente pela irregularidade das norte-americanas neste ano.

O que saiu do comum foi Cuba ficar de fora da decisão. Eu sou daquelas que acredita no peso da camisa e da tradição. Por mais equilibrado que o jogo tenha sido, não entendo como as cubanas não venceram. Ginásio contra? Isso não faria nem cócegas na Cuba do passado.


*****************************


Só espero que estas “inspirações” não baixem aqui no Sul-americano e o Brasil não cometa a façanha de perder para o Peru o título. 

Aliás, Porto Alegre não tem idéia que o time campeão olímpico vai passar pela cidade. Sequer uma notinha na imprensa. Incrível. Vamos ver se amanhã o campeonato ganha alguma divulgação.

Comentários

Camila disse…
Que a zebra passe bem longe.
É vergonhosa a importância que a grande imprensa dá a Seleção de Vôlei, feminina especialmente. Enquanto isso...a gte segue com os blogues.
Vai nos jogos aí em Porto Alegre?
LaCauda disse…
É, a feminina não recebe metade do destaque q a masculina.

Eu vou! Acho q não em todos pq não vai dar, mas não posso perder a oportunidade rara de ter vôlei aqui em POA.
Anônimo disse…
Juro que eu não entendo o que se passa com o vôlei, em relação a público em ginásios.

Eu tive vergonha alheia naquele primeiro jogo do GP em que o maracanãzinho estava quase vazio. depois saiu no site da CBV que deu 7mil pessoas, mas pareciam no máximo 2mil. Naqueles jogos em Minas também não houve esse público todo. Enquanto isso os amistosos dos panguás lotam. Até um jogo de basquete, que não custa lembrar, está em frangalhos, lota. Que o diga Brasil e Argentina ontem na final da Copa América.

Eu tenho algumas possíveis explicações para essa falta de "euforia" em ver os jogos da SFV. Vamos lá, antes era consenso que a seleção não jogava no Brasil, assim o público não podia ter "familiaridade" com a equipe. Hoje não se pode falar disso, já que a seleção vem jogando muito aqui. Já os homens jogama LM todo ano em casa e já tem um público "Fiel". Não deixa de ser uma explicação.

Outra coisa é a diferença entre o público dos homens e das mulheres. Podem ir aos jogos e verão nos jogos do masculino, adolescentes gritanto desesperadamente como 80% dos presentes. Até na TV dá pra perceber isso. Sem preconceito, mas muitas delas não sabem nem o que é vôlei direito. Já o público do feminino é uma coisa mais elitizada, no bom e no mau sentido.

Por último, e a explicação que pra mim é a mais tosca e verdadeira, os meios de comunicação, em especial a Globo, trata Bernardinho e Giba como reis, enaquanto Zé Roberto e companhia não fez mais do que a obrigação em ganhar as olimpíadas. Não preciso nem falar que eu acho isso tudo ridículo. As últimas competições ilustraram bem isso. A seleção masculina foi Octa da LM e a Globo deu um destaque enorme, muito sofrimento, choro e "sofrimento" do Rezende Júnior... as meninas ganharam o mesmo Octa e tiveram no máximo 1min de destaque.

Enfim, por tudo e por nada, quero que todos deem as mãos e voem para o Irã, de preferência de Air France, e sirvam de cobaias.

JP
Carol disse…
Por último, e a explicação que pra mim é a mais tosca e verdadeira, os meios de comunicação, em especial a Globo, trata Bernardinho e Giba como reis, enaquanto Zé Roberto e companhia não fez mais do que a obrigação em ganhar as olimpíadas. Não preciso nem falar que eu acho isso tudo ridículo. As últimas competições ilustraram bem isso. A seleção masculina foi Octa da LM e a Globo deu um destaque enorme, muito sofrimento, choro e "sofrimento" do Rezende Júnior... as meninas ganharam o mesmo Octa e tiveram no máximo 1min de destaque.
[2]

É FATO.

Eu tô de saco cheio disso já. PQP.
Anônimo disse…
La Cauda sua gaúcha sortuda vai poder ver as Campeas Olímpicas ao vivo e a cores...depois do campeonato não esquece de postar um relato sobre a experiencia toda.

PS: pega um autografo da Mári pra mim, valeu?
Anônimo disse…
La Cauda, dá pra colocar fotos no blog de nossa SFV atuando no Sulamericano?

Vai ser legal tmb se puder colocar situações "inusitadas" q possam ocorrer extraquadra ou no decorrer da partida em si.

Hasta la vista, baby! Hehe...
Ana disse…
O problema de público para o vôlei feminino é simples e se chama marketing/publicidade, o que a seleção masculina tem de sobra. Sempre dou exemplo da seleção feminina dos anos 90 que não ganhou nada de relevante como mundial ou olimpíada, mas todos conheciam, torciam e batiam recode mundial de público (como no mundial feminino em 1992 no mineirinho com mais de 25 mil pagantes) porque havia uma aurea de "guerreiras" montadas para elas por parte da imprensa que todo mundo sabia, e, também, tinha o "marketeiro rei" Bernardinho no comando. Assim, todos sabiam dos jogos e todos iam porque era noticiado. Em Contagem, este ano foi vergonhoso, porque ninguém estava sabendo dos jogos, que encherem por causa da população local que viu os cartazes somente na porta do ginásio e comprou os ingressos, tanto que parecia encontro de cumadre na praça de cidade do interior, todo mundo se conhecia e se cumprimentava. Mas já os jogos da seleção masculina da Liga Mundial ficaram lotados, porque passou durante toda a semana no Globo Esporte de Minas (péssimo) e Globo Minas os jogadores treinando, chamando para ir ver os jogos (passou Serginho e Giba chamando para ir aos jogos). Conclusão, Belo Horizonte inteira ficou sabendo dos jogos e o púplico foi recorde de pagantes nos jogos da Liga Mundial, ao contrário da feminina que absolutamente ninguém estava sabendo dos jogos. Se a CBV tomasse vergonha na cara mudava isso ou pelo menos igualava os gastos com publicidade para ambas as seleções, porque a impressão que tenho é que eles tem uma má vontade e um descaso com a feminina que dá raiva, parece que eles tem medo delas crescerem demais e serem maiores que a masculina. Tanto que já estou com birra do Giba e do Bernardinho, por isso este ano meu pimeiro time é ser anti-Pinheiros no masculino, depois sou torcedora do Minas.
Anônimo disse…
A Imprensa gosta de notícia inusitada, q chame atenção das pessoas de forma não muito convencional.

É lamentável, mas é assim q funciona, a verdade q na geração de Atlanta, um dos grandes motivos da imprensa ter dado foco para a SFV foi a rivalidade e as brigas extra-quadra com as Cubanas, até quem nunca ouviu falar de vôlei, ficou sabendo na época através desse incidente, e Bernardinho, o técnico q morde a camisa, morde a prancheta, pula, quebra o tornozelo na hora do jogo é por natureza um ótimo marketeiro, a Mídia adora gente dramática desse tipo, assim como Bruno Rezende, Paula Pequeno, Leila etc.. intencionalmente ou não, eles acabam conquistando a atenção da imprensa. Outro exemplo, é da Fabiana Mürer, confesso, q se ela não tivesse suas varas roubadas/desaparecidas em Pequim, nunca tería ouvido falar dessa Atleta, mas infelizmente a Imprensa funciona assim.
Anônimo disse…
Alguém tem o link do Arquibancada do Vôlei?
Anônimo disse…
http://www.arquibancadadovolei.blogspot.com/
Edson disse…
Sinceramente, não ligo para esse 'boom' do masculino. Que essas insandecidas continuem indo aos jogos gritarem, não ligo a minima. Vôlei feminino é muito mais bacana, as pessoas entendem tanto de vôlei que chega ser difícil para quem começa a gostar do esporte. Você chegar em uma comunidade no orkut que fale de vôlei feminino, por exemplo, e não saber toda a história do vôlei, quem são as melhores do mundo, os times da Rússia, Itália, Cuba... decorados... você é um nada. Percebem? É muito melhor assim. Deixem a Globo e a SMV, não ligo a minina para nenhum dos dois.

Assistindo ao jogo da Itália hoje no europeu, o time é muito bom mesmo, mas mesmo com as mesmas jogadoras, ainda não lembra aquele rolo compressor de 2007. A Barazza já perdeu a hora de sair da seleção, não joga mais nada. A Gioli não está explendorosa como em 2007, onde foi inclusive MVP. A Piccinini parece ainda sofrer com a falta de ritmo por causa da contusão no tornozelo, ela inclusive errou alguns passes, coisa que dificilmente ela faz. A Del Core dentro do seu limite de jogo está muito bem. Jogou muito hoje. Agora, quem estão voando são Lobianco e Cardullo. A primeira é johe, sem dúvida, a melhor levantadora do mundo. Distribuição e muita precisão nos levantamentos. A segunda é, a pelo menos seis anos diga-se de passagem, a melhor líbero do mundo. Essa sim a verdadeira e não a do delírio do Marco Freitas e dos ufanistas brasileiros. Defendeu bolas incríveis hoje fez muito bem o que uma líbero para ser melhor do mundo tem que fazer, PASSAR. Não sei se esse time terá fôlego até Londres, mas para o Mundial acho que darão trabalho.

Vi uns pedaços do jogo da Rússia e é aquilo de sempre. Hoje sofreram para bater a Espanha. É uma bagunça, a coitada da Sedova, meio de rede, tem que se desdobrar para passar e correr para a rede, o troca troca interminável das levantadoras para ver quem é a menos pior... a sorte é que elas continuam com seu poderio fantástico de ataque. Gamova, Kosheleva e Makarova é um belo trio. Se oferecerem uns milhões para a Sokolova jogar o Mundial então, eu terei medo da Rússia.

Amanhã tem jogão pelo sulamericano, Brasil x Uruguai. hauhauahuh Fabian está fora. Bom pra ela.
Anônimo disse…
Arre égua, Fabiana contundida e Thaísa com bursite. Xô, bruxa do 71.
Anônimo disse…
Em tempos de Sul-americano, e enquanto não chega nossa vez de entrar em quadra, vou acompanhando nossa SFV com o vídeo-comédia (pois o narrador é uma comédia mesmo, parece até o Zé Roberto mais jovem, hehe): http://www.youtube.com/watch?v=kJ40fOkzTWE.

Ao menos, ele mandou bem na escolha da trilha sonora com “Hole in my soul/Aerosmith”. Combinou bem com o agito que foi a seqüência de jogos do Octacampeonato do GP.

Linsensação, Tiemiarigatô, Fabianachina, Thaísaparedão, Gattazdelicadeza, Adeníziacubana, SheillaMvp, MarianneVip, Joyceinha, Sassásaques, Natáliapancadão, Regiane, Fabí e Brait continuem detonando a tudo e a todas, hehehe...
Anônimo disse…
Gente o q é a Mammadova?? A mulher no ataque, como disse o narrador, brinca de queimado, cada paulada q nao deixa uma em pé. Sorte nossa q ela não nasceu na Rússia.
Anônimo disse…
19:30
No Sportv2
pelo sul-americano tem

Brasil x Paraguai

um luxo..
LaCauda disse…
Vou tentar postar alguma fotos e se acontecer algo curioso ponho aqui tb.
;) Vai ser um jogaço!rsrs

Tô curiosa pra ver como será o público nestes dias. POA não tem o costume de BH, por exemplo, de assistir ao vôlei. Mas todo lugar tem seu público fiel mesmo q pequeno, como acho q é o caso de POA.
Anônimo disse…
Eu quero set de 25 x 0.
Anônimo disse…
Como espetaculo esportivo chega a ser bizarro um jogo como esse de hoje. O time da minha turma venceria esse Paraguai. Só vale mesmo para ver as Deusas do volei desfilando na quadra. Alias depois do jogo, o ZRG dveria fazer pelo menos um set de titulares x reservas ou entao na base do par ou impar escolhendo 1 a 1 para brindar os torcedores que pagaram ingresso...