Pequeno Post sobre Brasil 3 x 0 Tailândia

 
Que boa surpresa ver a Natália começando um jogo! Ficou claro em quem do grupo de reservas o Zé Roberto está verdadeiramente apostando. E com toda razão.
 
O Brasil se apresentou muito bem desde o início, teve um saque eficiente e fez o que se esperava dele: dominou o jogo sem se complicar com uma equipe de nível inferior. Dani Lins jogou muito bem e merece ser destacada.
 
Uma observação: a transmissão das imagens é péssima. Não ter replay de cada jogada é o cúmulo. Principalmente quando o horário da partida é às 7 da manhã. Eu preciso de umas 5 repetições pra poder captar o que aconteceu, minhas conexões são lentas a esta hora. Eu preciso de replay!!!

***************************
 
Mudando um pouco de assunto

Alguém comentou aqui sobre a matéria que fizeram no Globo Esporte sobre a chegada da Regla Bell ao São Caetano. Realmente foi hilária. A cubana afirma que naquela confusão de 1996 ela estava lá só para apartar a briga. Rarará! Conta outra! Muita cara de pau.
 
Tomara que ela deixe de lado esta faceta "paz e amor" que diz ter e dê uma esquentada nos nossos campeonatos. Seria interessante se houvesse um duelo entre Bell e Paula. 
 

Comentários

Anônimo disse…
Bell e Paula, como assim La Cauda???
Edson disse…
Bell x Paula? Gente, Paulinha não foi pra Rússia? rs.

A Bell não ia chegar dizendo que era barraqueira. Ela fez uma social, está certa. Sem falar que realmente ela era uma das cubanas mais "calmas" daquela geração. Ela e a Carvajal nem se comparavam a Torres e Mireya, por exemplo.

Acho que a Bell vai dar muito certo na Blausiegel, não que ela será a maior pontuadora, estrela e tudo mais, mas falo pelo que ela representa. Dará um suporte legal para as selecionáveis brilharem. Sem falar que se Adê, Lia e companhia resolverem afrontá-la, o negócio vai "feder".

No Grand Prix o Brasil está fazendo o que todos nós esperamos, ganhando e evoluindo. Plagiando o Zé, que disse isso no jogo contra a Alenha, acho que a Lins fez sua melhor partida no GP. Muito bem mesmo. Mari também tá jogano muita bola. Ainda acho a Natália muito inconstante, mas demos tem ao tempo. Acho que a dupla pra esse GP tem que ser Mari e Natália mesmo. Sassa entrando quando alguém não estiver bem. Como já disse antes, acho que as meios ainda estão meio "tímidas". Acho que quando elas começarem a parecer mais, o Brasil dará um salto de qualidade enorme. Espero isso para a fase final.
Ana disse…
Estou torcendo para ter afrontes nesta superliga. Imaginem se a Bell estivesse nas semis Osasco x Sanca da Superliga passada, iria ter sido hilário e divertidíssimo, já que foi ótimo tendo a Mari dando um berrão na cara da Thaíssa. Mas acho que não teria ficado só em um amarelo para a Mari, o bicho ia pegar fogo mesmo. Grand Prix está bom, mas quero que chegue logo a fase final, porque é lá que as coisas se decidem mesmo (tipo titularidade, melhores do torneio, etc), mas, para mim, até agora, a Mari está sendo a melhor, com Dani Lins melhorando exponencialmente.
Paulinho disse…
A Bell fez a fina e na minha opinião ela está certa, pq se ela chegasse falando que ia botar fogo na Superliga, que ia gritar na cara de todo mundo aí sim ia ser pior...ou não né...heheheh

Qto ao jogo do Brasil, apesar do adversário fraquíssimo o Brasil jogu muitíssimo bem, todas de uma maneira geral, mas destaco a Dani Lins que joogu demais, acelerando umas bolas quase impossíveis.

Vendo alguns jogos no You Tube das outras seleções, da pra ver que o Brasil pode ganhar esse Grand Prix sem perder sets, pq o nível ta bem fraquinho...tem a Rússia que é 8 ou 80, e a China que pode até fazer sombra pro Brasil...de resto...ahh, tem a Holanda tb que pode ter dado uma melhorada do Montreux pra ca, mesmo assim não vejo adversário por Brasil.

Claro que estamos em processo de renovação das outras equipes e tudo mais, em início de trabalho olímpico, mas pelo que da pra ver, nem Itália, EUA, China com seus times principais podem chegar aos pés do Brasil, logicamente se o Brasil continuar jogando bem e com toda essa velocidade, e sem comprometer no passe. Nem Cuba ameaça mais...Cuba por sinal faz uma renovação total de suas jogadoras a cada 15 dias...rsrs

Como eu disse anteriormente, estamos apenas no início...mas ja da pra ficar otimista e esperançoso.
Anônimo disse…
Esse GP ta relativamente fraco pq até mesmo as seleçoes, teoricamente mais fortes, como a China e Rússia também estão com jogadoras novas fazendo processo de renovação. Também acho q o Brasil tem tudo pra ganhar esse GP sem perder um set.

Fabizona errou 3 saques seguidos, putz, só pode ser o fuso horário ou o adversário q é fraco de mais pra desconcentrar assim.

A Bell tem muita fama, apesar de ser cubana, tri-campeã olímpica, etc.. etc.. atacante de 40 anos e com 1.79m não tem currículo q faça mágica, é esperar pra ver.
Anônimo disse…
Depois do Brasil estou torcendo pra Holanda, com a maravilhosa Flier.
Anônimo disse…
Realmente a transmissao é péssima, horrorosa!!! Com a palavra Dona FIVB...
LaCauda disse…
Hahaha A seleção joga na Ásia e eu é que sofro com o fuso horário! Foi mal...
"Seria interessante", não "vai ser". Corrigido!
Anônimo disse…
Gente, tudo bem que o Brasil perca um set para as polonesas...mas da forma como foi, não parecia o time brasileiro jogando...vexamoso! Ninguém entrou em quadra naquele 3º set! Absurdo!
E outra: Russia perdendo pra Porto Rico...quem diria!