Brasil, mostra as novas caras!


Depois de um período de longa “seca”, o mundo do voleibol movimenta-se novamente com o Montreux Volley Masters. Boa parte das equipes participantes vai com elencos consideravelmente diferentes. É o momento de reconhecer o terreno, conhecer os novos nomes e caras destas equipes.

No Brasil as novas caras já são conhecidas por todos, mas a expectativa é vê-las estampadas com a camiseta da seleção. Apesar da minha dificuldade em me desapegar do grupo passado, espero ver as novatas logo em quadra, em especial a Natália e a Tiemi.

Foi discutido aqui a questão da Natália começar como titular. Achei muito boa a escolha do Zé. O Montreux é pra isso mesmo. Sabemos o que se pode se esperar de Mari, Fabi e Cia. A curiosidade se volta para o desempenho das calouras. E o melhor momento é agora, quando a seleção não contar com a Jaqueline e a Paula. As levantadoras terão mais tempo e espaço para serem testadas. Mas as ponteiras, nem tanto.

****************************

Mauro Grasso, sobre a tentativa do São Caetano em contratar a central Valeskinha:

"Ela fez uma série de exigências. Primeiro queria aumentar o período de férias e, consequentemente, da apresentação. Depois disse que teria a necessidade de ter mais folgas, além das normais que as demais jogadoras teriam ao longo da temporada. Não concordei e dessa forma ela não vem mais. "

(fonte: blog Brunno Voloch)

Tá podendo a senhora, não? Imagino que ela deva estar cansada, de saco cheio da rotina “voleibolística” e, convenhamos, ela não é nenhuma jovem iniciante. Mas que pega mal ficar fazendo tantas exigências, isso pega. Se, depois de Atenas, pegou mal até pra Fernanda Venturini, imagina pra ela!
 
Valeskinha vai ter que fazer igual a Bia, que temporada passada só aceitou jogar em um clube que desse a ela uma rotina diferenciada. A questão é que não há grande equipe que almeje o título que vá aceitá-la com todas essas exigências. Aí é partir pra times medianos pra baixo onde ela pode ser aquela famosa “jogadora experiente”.

Comentários

Anônimo disse…
Correta vc, sabemos o q as "vewteranas" podem produzir, ou seja, até mais do q já fizeram.

As novatas sim, precisam de "rodagem", e esse torneio, vem bem a calhar, mais prá elas e prá CT, q prá qlqr outra/o.

A conferir. Mas é de ZERO valor em qlqr outro termo.

Inté,
Mg
Gabriel de Jesus disse…
Não conheço a Valeskinha e não confio no Voloch, quando li isto no blog dele, não acreditei. Dizem que a "senhorita beijo mãe" é muito simpática (vide Pequim 2008, muitos beijos para as cameras).
Anônimo disse…
Que agonia assistir essa partida do Brasil contra a Alemanha. Eu não sabia quem dava mais sono: a postura da seleção alemã (que não ganharia nem do Pinheiros), a transmissão de imagem meia boca da TV suíça, a narração arrastada e cheia de equívocos, ou essa formação meia-boca da nossa seleção.

Que jogo chato! Faltou uma Adenízia para dar uns gritos na cara das alemãs hahahahaha. As vezes isso daria um tempero.

Mas o Marcos Freitas dizer na transmissão que tanto a Carol Gattaz quanto a Ana Tiemi jogaram nos seus limites. Pra mim isso é atestado de ignorância. Porque se o limite foi essa apresentaçãozinha sem-vergonha, então elas não mereciam nem ser convocadas. Na minha opinião, NINGUÉM jogou no seu limite. Todas tiveram bem abaixo do que podem render e jogaram pro gasto!

Logan
Anônimo disse…
Transmissão péssima. Quando via as transmissões deste torneio pela band achava que a culpa pela ruindade fosse da emissora, mas já percebi que a burrice é da fonte mesmo. Quanto ao time, que saudades de Paula e da Mari como ponteiras titulares, eram mais ou menos no passe, mas o ataque era perfeito, o que não foi bem isso hoje (tantos blocks e passe também não foi tão bom). Mas, Natália tem uma força que assusta. Pelo pouco que ví do jogo da China, elas estão bem melhores que nossa seleção. Tomara que dê tempo de melhorar para ganharmos mais este título e, também, para empolgar mais, quase dormi durante o jogo.
Anônimo disse…
Completanto, o comentário acima, pena que a Fofão não é eterna. Aliás, pena que o time todo campeão olímpico não é eterno. É difícil não fazer comparações, apesar do futuro estar prometendo com a Natália e a Dani Lins, principalmente
Anônimo disse…
Cuba: Foi bizarro ver como a Carillo ta GORDA! E a Calderon também acima do peso, Cuba jogando sem motivação nenhuma.., os problemas no passe continuam e o time batendo cabeça, técnico novo meio mosca-morta q lia na cola o q falava, a melhor mesmo do time foi a Yanellis Santos jogou séria determinada e botou o cabelo q ta mais lisinho do q da Ana Tieme.

Eu não consegui ver o 1set do jogo do Brasil mas concordo com Logan, quantas asneiras! Esses comentaristas de Ultimate Fighting narrando voleibol é cômico!

Ps: A Ana Tieme tem 1.86m e não 1.88 e meio, como ele afirmou categoricamente entre outras pérolas..

Crowley.
Anônimo disse…
ps2: Regla Torres fazendo parte da CT Cubana.
ps3:Ana Tiemi, com (i).
Anônimo disse…
Pelo amor de Deus, Logan e cia...as garotas estão começando a se entrosar em quadra e vcs exigem a perfeição? Tenham a santa paciência, né????? Para o primeiro jogo da temporada, achei que o time teve suas falhas, mas no geral jogou bem sim!!
Sejam menos críticos e mais racionais, isso faz bem!

Cláudio
Anônimo disse…
O Logan tem razao.

Qdo afirmo q a maioria das eqipes q disputam o Camp. Italiano fem/masc, por exemplo, do 4rto lugar prá baixo, fariam vexame, de disputassem nossa SLF ... irrito aqela turma do "COMPLEXO DE VIRALATAS", q se acha no direito de vomitar abobrinhas contra.

Pois bem, a SNF da Alesmanha é mesmo horrível.

Afirmo, pois vejo o trabalho desenvolvido nos clubes e nas tais categorias de base, há mais de 6 anos ...


Exemplo no masc.:
- estive Darmstad, q é aqí perto de Stuttgart, e assistí ao BRA x GER. masc.

Acredite: nossos rapazes jogaram mal, se compararmos c/ o potencial deles mesmos, ou c/ nossas outras SNM anterioores.

Mas, mesmo assim, deram um suador nos chucrutes, inesqecível.

Após o jogo, conversei o Raul Lozano, q é argentino de nascimento e sempre gewnte fina.

Pois bem, me disse olhando nos olhos, algo assim: vai ser dureza fazer esses caras melhorarem ao menos 50%.
Qto ao BRA, vai fácil vencerem ao menos 80% de tudo q disputarem.

Perguntei o porq. Resposta: talento e gana até o fim "cosas de sudamericanos, comprende?".

E detesto aqela horrorosa vila no meio do nada c/ o p... nenhuma, q tem uma "escola" de esportes, onde o volleyball é controlado por 1 família (irmao(irma), "quase" mafiosos.

Nao sabem lidar c/ a crítica, jamais fazem auto-crítica, arrogantes, traíreas (todos dizem claramente), e ... politiqeiros até o talo.

Tanto melhor prá nós.
O estado de Baden-Wurtenberg, por exemplo e onde moro, é rico, tem muitos meninos/as de talento, e uns idiotas fuxiqeiros e sem talento prá artede ensinar (lembra do q te disse Thiga?), todos arrotando cheiroso nas idéias dos peqenos. O q apenas nos garante 1 grande futuro.

Qto ao BRA fem, mesmo c/ 1 grupo meia tampa, e ainda em fase de montagem, deu 1 páu nas "alesmans", sem dó nem piedade.

Já escreví e repito:

Existem umas SNV q, se disputassem nossas SLN´s, perderiam, e feio.


Depois gostaria de falar das SN q acredito e das q nao ponho nenhuma ou pouca fé.

Inté,
Mg
Anônimo disse…
O SporTv não esta perdoando e nao esta reprisando os jogos:

Quarta 10/junho
Sportv-2
16:00
Cuba x Itália
.............

Quinta/11 Junho

Sportv-2
13:30
Itália x Holanda

SporTV-1
16:00
Brasil x China
................

LaCauda kd vc?
Braga Manaus disse…
acho que a seleção com novas caras promete, mas cobrar a perfeição agora e muito cedo.
e gente a emissora local e pessima porque tenho dvd de jogos de 2006 ai que horror.
quero ver mesmo brasil x china quinta.
la cauda se vc quiser matar a saudades das jogadoras como ana moser, fernanda e outrs tenho um amigo no rio que vende jogos da seleção, ja comprei varios lembra quando o peru era um timão ele tem.
qualquer coisa so falar
Anônimo disse…
Eles dizerem q a Gattaz e a Natália jogaram no seu limite foi realmente o fim! KKkkk.. só rindo mesmo..Até mesmo pq a Tiemi já tinha mais entrosamento c/ as duas.

Agora quem diría, vendo o live score no site do Montreux, www.volleymasters.ch/program.php# a China q joga amanha c/ o Brasil acaba de perder um set pra Alemanha, tsctsc... o negócio é marcar a Wang Ymei, o jogo ta concentrado muito em cima dela.

Crowley.
Edson disse…
Assisti ao jogo na net pelo canal do Montreux. É simplesmente ótimo assistir a um jogo sem os comentários já tradionais que não acrescentam nada. Só se ouvia a zoada ambiente.

Gostei da seleção. Pra início de trabalho e com Sassá fazendo vergonha, até que foram bem.

Ana Tiemi: errou por vezes, acertou por outras. Achei de bom tamanho a apresentação dela. Se continuar numa ascendente, tem tudo pra manter a vaga no grupo. Natália: é o que todos já sabemos, tem talento e força, se melhorar nos fundamentos, será uma excepcional jogadora. Gostei da atuação dela.
Fabiana: mostra a cada jogo porque é a melhor central do mundo. Sheilla: esteve apagada, mas não precisa provar nada a ninguém. Fabi: uma palavra apenas, "pífia". E Marco Freitas adora repetir "melhor do mundo".
Gattaz: é aquilo mesmo, nada mais. Foi bem, mas no fim do ciclo, provavelmente perderá sua vaga na equipe. É sempre assim.
Sassá: quando Jaque e Paula voltarem, espero que o Zé se livre dela, não da mais. A única coisa que ela fazia bem era passar, nem isso mais ela consegue.

Uma dúvida, se alguém puder me responder. O que aconteceu com a camisa 7, ninguém quis, aposentaram, ou o quê? As possíveis candidatas, Mari e Lins, estavam respectivamente de 3 e 8.
Anônimo disse…
Vou ter q concordar c/ o Édson:

Sassá, como já disse MUITAS vezes ... nao é atleta de SN.

Bem, na Alesmanha ela até q teria vaga garantida. Q time ridículo o Guidetti convocou.

Qdo soube da ... q veio do VT Hamburgo, onde 1 anta de nome Von Soosten, ví q a coisa nao ia a lugar nenhum.

Mas, esse OUTRO politiqeiro e puxa-saco (e como sao por aqí), virou "assistente técnico" há tanto tempo q deveria ter aprendido alguma coisa, além da arte de bajular e fuxicar.

Enfim, bom prá nós.

Inté,
Mg
LaCauda disse…
Sei que tô parecendo uma mãe desalmada que abandona seu blog. Mas eu tô sempre acompanhando as discussões e comentários de vcs. Se não me meto na conversa é pq tá difícil de eu acompanhar as notícias e os jogos.

Bom que sempre tem o pessoal que nos traz as informações!

Do jogo de ontem, vi só o início. Amanhã, não vou poder assistí-lo. Alguém viu o de hj entre Ita e Cuba? Deve ter sido emocionante se formos ver que Itália tá com o time B e Cuba nunca se motiva nesses torneios pequenos.

Sobre o Brasil, nem posso dizer mt. Mas vcs falaram uma coisa aqui q me veio a cabeça qd estava assistindo ontem. A Sassá tá uma tristeza. Eu pensei na hora que ela não deve chegar ao fim deste ciclo. Mesmo se for só uma fase ruim e voltar ao seu melhor, não vai ter mais espaço pra ela daqui algum tempo.
Anônimo disse…
Assisti a Itália e Cuba hoje. O que se pode perceber é que Cuba tem algumas poucas boas jogadoras, Calderon, Carrillo e Carcases, as outras são a nível de juvenil. As levantadoras são ruins, a outra central é muito fraca. Acho que esse time cubano vai sobreviver da tradição e dos "afrontes" nesse ciclo olímpico. Podem melhorar? Claro! Mas por hoje são muoto fracas.

A Itália tem alguns bons valores, mas num conjunto também é bem fraca. As centrais, Arrighethi e Crisanti, são boas. A líbero, Merlo(Bergamo), tem potencial. A tão falada levantadora Rondon, não é nada demais. Pelo menos não vi. Angeloni é uma piada, sem comentários. E a Boseti até que é boazinha.

Bom, foi um jogo feio. Cuba subestimou as italianas e quase perdeu de forma vergonhosa. O único set tecnicamente bom foi o 4°, somente. Venceu o time mais experiente que soube fechar a partida.
Anônimo disse…
P/ as cubanas jogarem tão sem vibração assim, alguém sabe quanto o torneio de montreux " ta pagano?"
Anônimo disse…
Cuba 3x2 Itália Montreux. Silie/Santos - Calderon/Carcases - Carrillo/Silva. Rondon/Ortolani - Angeloni/Bosetti(Barcellini - Arrighetti/Crisanti - Merlo.

http://www.youtube.com/watch?v=TTuCUnrKMVE&feature=channel_page

China 3x2 Alemanha Montreux.

http://www.youtube.com/watch?v=scYTPZ_97bo&feature=channel

Brasil 3x0 Alemanha Montreux.

http://www.youtube.com/watch?v=T8YSySYXn6s&feature=channel

Sulamericano infanto-juvenil, Final Brasil vs Peru. Essa seleção parte para o Mundial com muita expectativa. Tem meninas muito talentosas e com potencial de seleção adulta. Exemplos da levantadora, Rosane. A central, Ana Beatriz. E a ponta, Samara. Ao contrário da juvenil que vai para o Mundial com um time bem fraco, principalemente sem a Ivna.

http://www.youtube.com/watch?v=TikqmcmFnos
Anônimo disse…
A Itália B, bateu hoje por 3x2 a Holanda. Com direito a Marco Freitas babando pela Rondon e torcendo pra Azzurra. Vergonhoso Holanda e Cuba fazerem jogo parelho com essa Itália.

O Brasil acaba de vencer, com a volta de mari ao time, as chinesas por 3x0. Boa vitória. O time evoluiu em relação ao primeiro jogo. Destaque absoluto para as centrais Fabiana e Gattaz. Tão jogando o fino do voleibol. Sheilla, Natália e Mari fizeram uma partida discreta. A última ao menos passou muito bem. Muito, mas muito superior a Sassá do jogo passado. Fabi está irreconhecível. Errando bolas bobas, mas também melhorou. Tiemi errou muitas bolas pra ponta, mas também evoluiu. Antes contestada, agora ela já merece uma vaga nesse grupo.

Espero que a Lins volte logo e o Brasil possa contar com a força máxima nos próximos jogos.
Anônimo disse…
Brasilm 3 x 0 China.
O Brasil jogou direitinho e acredito q não vai nem precisar jogar mais q isso p/ ser campeão desse torneio. O time todo jogou legal, não foi excelente, até mesmo pq não precisaría, mas foi bom, com tempo a Tiemi vai ficar mais entrosada e acionar mais outras jogadoras, por enquanto ela esta optando pela segurança e deu certo.
ZRG no próximo jogo contra a Polônia devia dar uma oportunidade p/ Regiane, Joycinha, Adenízia e a Brait, pois vai ser o adversário mais fraco do Brasil no torneio.
A Sandra observou bem a Cubana Giselle Silva, ela tem o verdadeiro espírito cubano de jogar, e ta sendo a revelação da competição.
Crowley.
Anônimo disse…
Bom, eu sempre gostei muito mais da Ana Tiemi do que da Dani Lins. Questão de empatia, simplesmente. Mas é óbvio que a Dani Lins, neste momento, é titular absoluta da posição, porque a Tiemi, por mais agradável, maior e mais vibrante que seja (na minha opinião, é bom que fique claro), precisa evoluir mais. Então, nesse sentido, a Dani Lins tem a vaga garantida.

Entendo a vontade do Zé em usar a força máxima pra ganhar, daí o time quase titular dessa nova geração. E concordo com o Crowley no sentido que o Zé deve usar Adenizia, Brait, Regiane no jogo de amanhã. A Brait aliás, dá um banho na Fabí há duas SL. Não sei porque ela não está sendo usada. Se não usar essas jogadoras, então qual o sentido de ir a um Montreux?

A respeito do jogo de hoje, o Brasil não jogou tão bem assim não. É que o nosso time é algumas vezes superior ao chinês. Mas, com toda certeza, foi uma partida muito mais agradável de se ver. O que sinto é que, neste exato momento o cenário mundial, levando em consideração renovações e o início de temporada, não tem um time que faça frente ao Brasil.

Logan

Logan
Anônimo disse…
ps1: frase do jogo " o técnico não é por si uma pessoal normal" a respeito do tec chinês ao tirar a Wang Ymei. (Marco Aurélio).
Anônimo disse…
Só um detalhe a respeito da altura da Ana Tiemi:

Nunca ouvi dizer que ela tem 1,85 na minha vida. Nem quando ela era juvenil. Sempre foi 1,88. O meio centímetro é que foi a novidade da TV. Mas se vc está dizendo por causa dos créditos da TV suíça, aquilo lá se refere a altura alcançada no bloque, que da Tiemi é de 2,85m

de qualquer forma, tá aqui a informação oficial do site da CBV:

Ana Tiemi
Apelido: Ana Tiemi
Posição: levantador
Peso e altura: 75 kg - 1,88m
Data de Nascimento: 26/10/87
Time atual: Finasa / Osasco

Logan
Anônimo disse…
o último comentário do dia:

essa é a notícia do site oficial do torneio:

China lost for the first time
As during the last Olympic Games semifinal, China got defeated by Brazil and therefore lost their first match in this tournament. Although the Chinese girls showed a spectacular game at the end the result was 0:3. Brazil controlled the game especially counting on their middle hitters (30 pts). Once China adapted their game to this strategy, Brazil could alternate to the outside hitters. It emerged a kind of a “cat and mouse game”, in which China played mostly the role of the mouse. Brazil was simply multisided and defended strong Chinese hits that usually brought them to victory. Therefore it is already certain that Brazil will take the first rank before their last group game and China will be ranked second.

É só eu, ou alguém mais sentiu um certo desapontamento dos jornalistas da assessoria do torneio com o desempenho (superior) brasileiro?

Logan
Anônimo disse…
Normal, mesmo se o Brasil perder p/ Polônia por 3 x 0 , ele vai ficar em primeiro do grupo.
Anônimo disse…
ps2: A Suíça é rica, se ela consegue construir junto com a CERN , o maior acelerador de partículas do mundo, ela consegue fácil fácil construir um ginásio com um teto mais alto.
Anônimo disse…
Nao Logan, nao é só vc.

A FIVB tem feito releases estranhos, alguns meio q "cutucando" o BRA, e pegando leve na crítica aos q o BRA derrota.

O time chines, pode e vai render mais mas, outra vez, contra o BRA, parecia azeitona em boca de banguela, perdidinho - em muitos momentos.

Inté,
Mg
Anônimo disse…
Acho que o ponto chave desse início de ciclo é: O Brasil não tem adversários a sua altura. Levando em conta as renovações, o trabalho até aqui desempenhado, as jogadoras em si. Não há equipe no mundo, que salvo um dia ruim do Brasil, possa nos vencer. As grandes potências do vôlei perderam muitas jogadoras, o Brasil apesar de não contar com jogadorasimportantes, manteve um nível muito alto.

Pequenas coisas a dizer...

A Itália sempre despreza esses campeonatos "pequenos" mandando time B ou misto, na hora H, que é o que vale, perdem de todo mundo com o time principal. Acho que é hora deles reverem esses conceitos. Esse time B da Itália tem brios, gostei de ver a vontade, as vezes exagerada e consequentemente vemos barbaridaes, das italianas.

O time cubano e sua renovação interminável depois de 2000, ainda não mostrou a que veio. Mas claro, não podemos subestima-las jamais. Acho que elas melhorarão ao longo desse ciclo.

A Holanda foi, é, e sempre será uma piada. Uma equipe que tem como estrela a segunda maior caça-tocos do mundo, não pode ser levada a sério. Perder pra Itália B prova isso.

A China parece um pouco com Cuba em relação ao que podemos esperar. Estão fracas, perderam jogadoras, mas irão evoluir com certeza. Não me conformo da Wang não emagrecer, até a Natália ex-big Mac conseguiu, porque aquela menina não consegue.

Polônia e Alemanha são eternas emergentes, as vezes conseguem bons resultados, outras conseguem desastres. Parece que a cada passo à frente, andam dois para trás. Talvez se tivessem com todas suas jogadoras, teriam se apresentado melhor. Sinceramente, não acredito em nenhuma pra esse ciclo, aposto muito mais na Sérvia.

Mário, RJ.
Anônimo disse…
A Natália, assim como a Wang Yimei e a LiLi, por natureza, não fazem o biotipo magras, e sim " parrudas " , fortes, mas concordo com Mário uma leve emagrecida iría ser melhor p/ a impulsão da Wang Ymei.
Agora em relação a Holanda, eu esperava mais, aquele técnico todo credenciado, mas como jogador, na hora q pedia tempo, não falava nada, ficava olhando pra cara das meninas com cara blasè, achei o fim. E outra coisa, algumas holandesas, na hora de sacar botar primeiro o braço esticadinho reto em direção teto, é coisa de mirim além de ser muito cafona, só na Holanda mesmo.
Anônimo disse…
E não adianta, se o torneio de Montreux não se tornar mais atrativo ($$$$$), ele continuará sendo apenas uma vitrine de equipes em fase de transição e de times B.
Anônimo disse…
O erros da Ana Tiemi.
A Ana cometeu erros q nem na época do Minas ela fazía, o erros aconteceram principalmente em situações rápidas de contra-ataque, onde ela tería q estar preparada em mente p/ quem levantar, o q me pareceu foi q ela esteve confusa nesse momento, e acabou falhando no levantamento, levantado bolas baixas p/ as ponteiras, seja p/ a Mari, Sheilla ou Natália.
P/ mim, isso é uma questão de adaptação, treino e entrosamento, levando em conta sua primeira participação na SN é perdoável, teoricamente a Lins está num nível acima, até pq ela joga como titular em seu clube mas ainda não a vi como ela atuando com um grupo diferente e novo como na SN.
Anônimo disse…
A estaturas das jogadoras.
A CBV erra, a FIVB erra e as próprias jogadoras erram ou as vezes não sabem da sua própria altura. A Mari, por exemplo, tem 1.88m e a Tiemi não é mais alta q a Mari, como disseram q tem 1.88 e meio. A forma mais fácil de saber da altura das jogadoras é observar elas reunidas e ver por comparação. Ahe vai uma tabela de cabeça:
1.84m: Paula, Natália, Virna
1.85m: Sheilla, Ana Moser
1.86m: Jaqueline, Ana Tiemi
1.87m: Lía
1.88m: Mari, Adenízia, Daniele Scott
1.90m: Walewska, Regiane, Joycinha
1.91m: Gattaz, Raquel
1.93m: Fabizona
1.96m: Thaísa

Crowley.
Anônimo disse…
Cuba acaba de perder pra Holanda por 3x0. VE-XA-ME! As cubanas já foram mais agueridas.

Brasil x Itália B e China x Holanda nas semis do Montreux.

Lins voltou bem ao time brasileiro hoje. A Tiemi não esteve bem, mas cumpriu seu papel nesses jogos em que atuou. Sassá jogou bem pra calar algumas críticas, mas já é carta fora do baralho. Ela ou Jaqueline, uma das duas vai rodar.

Gente, onde a Mari tá treinando? :o
Ela defendeu demais nesses dois jogos e tá passando bem, quinou pouquíssimas vezes. Hoje ela fez uma defesa incrível. E assim que a Lins entrou, ela começou a atacar também, acho que o problema dela no ataque é a falta de concordancia com a Tiemi.

JP
Anônimo disse…
Problema de ataque da Mari? Na verdade não podemos afirmar nada, não a vimos atacando....Ana Tieme esquece que ela existe ou não sabe levantar para ela. Mas a Mari está defendendo e passando execentemente bem, o que serve para mostrar que não é só uma jogadora de ataque e que também sabe dar volume de jogo ao time. Porém, precisa de um bom técnico para orientá-la e treiná-la, como é o caso da comissão técnica brasileira.
Anônimo disse…
Cuba perde de 3 x 0 pra Holanda, mas por algum motivo a Carrillo não entrou na partida, o q não justifica a derrota feia. Acabou q a Itália ficou em primeiro do grupo e o Brasil faz a semi c/ a Holanda.
Anônimo disse…
Sabe que eu gosto de ter Holanda como adversário amanhã? É uma equipe que o Brasil poucas vezes enfrenta, tem um jogo que não se encaixa muito com o nosso. E porque desde 2007 que eu sinto satisfação especial em ver o Brasil dando uma "peia" nessas holandesas.

Gostei de ver o Brasil perdendo set hoje. Foi bom para dar uma despertada nessa moçada. Estam dormindo em quadra, desenvolvendo um jogo feio... igual o polonês. Precisou perder (e colocar a Dani Lins em quadra) pra coisa deslanchar.

Lance mais bonito (e estúpido) foi a recuperação de bola da Mari nas placas de publicidade. Ponto pro Brasil. Bonito porque a loira é gelada, mas tem raça de sobra. Estúpido porque ela poderia ter se machucado de forma séria e justo num torneio amistoso. Não vale a pena!

E os europeus, além do ginásio, bem que poderiam trocar essas placas publicitárias por essas de espuma que temos no Brasil. Aliás, a espuma sai mais barata que o ginásio!

Claro que quando a dupla de meios do Osasco entrou, fiquei numa satisfação doida. Dei gargalhadas quando a Adenízia ameaçou colocar fogo na comemoração quando fez o primeiro ponto. Eu sei que a Fabiana é absoluta na posição, até por ser a melhor do mundo atualmente (no caso dela é verdade mesmo). A Thaísa é a segunda meio do Brasil e a Gattaz é a favorita do Zé. Mas a Adenízia tem sim o seu valor nessa seleção. Mas posso esperar vê-la jogando contra a Regla Bell!

Reparou que todo o jogo a Fabi (seja na seleção ou no Rexona) comete um erro de recepção que o narrador diz ser "coisa rara de se ver"?

Logan
Anônimo disse…
Esse negócio de chamar a Fabi de melhor do mundo já virou mantra. Ela tá longe, muito longe de ser a melhor do mundo. Defende muito, isso é incontestável, mas seu passe não é nenhuma maravilha. Tanto que na última Superliga a Suellen ficou a sua frente nesse quesito. E convenhamos, a Brait da um banho nela a pelo menos duas Superligas. Não contesto sua titularidade, longe disso. Mas transformá-la em absoluta não dá. O mesmo vale pra Fofão, que fez uma Superliga, independente de passe, ruim. E mesmo assim seu Marco Freitas continua a considerando a melhor. Não foi.

Realmente o lance mais bonito da partida foi a recuperação da Mari. Eu entendo esforço dela, quando você não tem oportunidade de atacar, quer mostrar serviço de outras formas, é o que ela fez já que a japa não levantava bola pra ela. Agora um FATÃO, a Mari tá passano mais que a Sassá. Voltando a Marco Freitas ele diz: "a Mari quase não passa qnd a Sassá está em quadra. Fabi e Sassá dividem toda a responsabilidade". kkkk Louco! Engraçado que ele ganha pra falar essas bobagens.

Quando Ade e Regis entraram eu também fiquei feliz. Acho legal a emplogação da galera de ver elas jogarem. Contagia. Ade afrontando a regla vai ser hilário. Aliás, essa Superliga nesse qusito já foi legal, a próxima promete mais ainda.

A semi mudou? Nossa! Que venha a Holanda da caça-toco mais linda desse mundo, Flier.

JP
Anônimo disse…
Defesa da Mari.

http://www.youtube.com/watch?v=pLcIJnTyXMo
Anônimo disse…
Alguém sabe dizer se o acento agudo na camisa da Mári, realmente procede?
thiga-sp disse…
Amigos, bom dia!
Montreux até agora foi o que sempre foi...um torneio de segundo escalão, onde as equipes aproveitam para "testar". Gosto muito de ler o comentário de todos aqui, é sempre bom dividir opniões e se ater a olhares um pouco diferentes, mas algumas coisas precisam ser ditas, senão vira conversa de louco, vamos lá:
As líberos: Fabi e Brait são de longe as melhores líberos brasileiras. Se preferem falar em recepção, gosto muito da Brait, se o assunto for defesa a garota da Unilever ainda é imbatível...ou seja são espetaculares...alguém aqui falou dos números da Suele do Sanca...pelo amor de Deus, os números dela depois do 20º ponto estão entre os piores da SL...estatistica cega engana...
As levantadoras: Nenhuma das duas são fantasticas...já joguei diversas vezes contra a Tiemi, e posso garantir que o melhor fundamento da menina é o saque...o levantamento??? nada de espetacular... Dani Lins, um pouco melhor, acredito que com o tempo deva se afirmar na posição dentro da seleção...
Centrais: Lógico que Taissa e Fabi estão entre as melhores, não somente no Brasil, mas possívelmente do mundo. Gataz evoluiu demais nas mão do Griner e do Bernardo, tá sendo muito bom vê-la atacando na frente...Adenisia??? a quarta nesta relação...
Ponteiras: Mari passando! Eu diria que ela se adapta muito bem a esta bola que é usada nas competições internacionais...acreditem, isso é possível, pois sem dúvida o resultado dela neste fundamento é muito superior do que nas competições caseiras...no ataque???Sempre muito bem. Sheila??? Excelente sempre!!
As outras???vão aproveitar a viagem...tenham certeza.
To gostando do que estou vendo, acho que é o caminho certo, e estaremos a frente, mesmo quando as equipes se apresentarem com suas melhores atletas, e em melhores condições competitivas.
Um grande abraço a todos os amigos!
Ah, só mais uma coisa, é preciso ter cuidado quando antipatizamos com alguém, pois na tv fala-se sim muita bobagem, mas pelo amor de Deus, os ex-jogadores são HORRÍVEIS comentando, o único que ainda vale apena ouvir é o Marco Freitas, ao menos é uma visão técnica sobre o jogo, erra sim, mas ainda é coerente em suas observações.
Edson disse…
A semifinal entre Brasil e Itália foi um bom jogo. O Brasil teve que correr atrás do placar por vezes e se saiu bem. Fabiana é hoje, indiscutivelmente, a melhor jogadora do Brasil. Virando todas e bloqueando muito. Mari, ao contrário dos jogos anteriores, além de defender e passar, atacou muito bem. As outras foram bem, mas podem melhorar muito, principalmente a Lins. A Holanda me surpreendeu um pouco, está com um bom time.

Na segunda semifinal a Itália B venceu por 3x0 a China. Jogo feio, mas uma coisa não pode deixar de ser dita, as italianas estão mostrando uma vontade incrível. É bom o Brasil entrar sério pro jogo amanhã. A Rondon, 1,90, de fato tem um bom jogo, pode fazer carreira no adulto. A Arrighetti, do Bergamo, mostra nesse torneio pq é a favorita a fazer dupla com a Gioli na seleção principal. A Merlo, líbero, também do Bergamo, é uma jogadora boa, tem algumas deficiências no passe, mas faz grande campanha. E claro a Bosseti que como se diz "está fazendo o nome". Em um torneio pouco disputado é bom ver a vontade que elas estão de ganhar. Espero um bom jogo amanhã.

Destaque negativo desse torneio, Cuba e China. Fraquíssimas. Cubanas parecem sem vontade, mesmo com a Torres gritando. Já as chinesas resumem-se a Wang. nada mais.
Anônimo disse…
Itália acaba de carimbar o passaporte p/ final com o Brasil amanha às 11:00, hj derrotou a China em um 3 x 0. Italianas estão jogando entrosadas, parece até q o grupo joga junto a bastante tempo, jogam com espiríto de vencer para um grupo de novatas uma vitória mesmo sendo num torneio amistoso como esse, vale a pena se esforçar ao máximo p/ ganhar até mesmo p/ se auto-afirmar. Brasil vai ter q jogar bem.
Eu queria assistir a disputa do 3 e 4 lugar mas Sportv não vai transmitir, alguém sabe de algum outro canal?
Anônimo disse…
Engraçado... noutro dia uma menina comentou comigo que existia um "movimento anti-Mari" no vôlei não apenas de torcedores, mas também de algumas pessoas do meio. Da parte dos torcedores, sem dúvida que deve existir um grupo assim. Mas a parte de ter gente do meio que não vai muito com a cara da loira, começo a pensar que deve ser verdade mesmo...

Eu não acho que a Mari não tenha jogado bem nos primeiros jogos. Pra mim, ela foi tirada do jogo pela falta de entrosamento com a Ana Tiemi. Restou a defesa, o que ela fez muito bem. O lance é que com Dani Lins, ela pôde participar do ataque também por causa do levantamento melhor. Acho que não foi nada diferente disso.

Na minha opinião, a Ana Tiemi teria de passar uma temporada jogando como titular para recuperar o bom levantamento que ela tinha quano jogava no Minas, e assim evoluir. Mas eu entendo porque o Zé a levou. Ele precisava afirmar a Dani Lins, coisa que com outra levantadora como Fabíola, Fernandinha e, principalmente, Carol Albuquerque, isso não aconteceria de forma tão fácil. E o Zé não é muito fã de estimular disputa interna, ao que parece.

Pra que convocar a Brait se ela não vai jogar nem meio set de um torneio amistoso como é o Montreux? Eu heim!

Mas foi um bom jogo contra as laranjas. O melhor até agora. E Flier... oh Flier...

Logan
Anônimo disse…
Geralmente, é considerado uma partida de vôleibol de alto nível, quando, o número de erros por set, não ultrapassa a 5 (cinco), se considerarmos esse raciocínio, o Brasil jogou bem contra a Holanda, mantendo o seu padrão, totalizando 15 erros na soma dos 3 sets da partida. A Holanda apresentou também um bom vôleibol, cedendo apenas 1 erro a mais q o Brasil, totalizando 16.

Crowley.
thiga-sp disse…
Logan e amigos, bom dia!

Acabou o jogo entre Brasil e Itália e a vitória veio muito bem para a nossa seleção. Ganhar faz bem, vicia!
Muito bom o comentário do Logan sobre a convocação da Tiemi, referindo-se a afirmação da Dani Lins, acho que você está completamente certo. Competição entre posições é muito saudável e importante, mas quando o assunto é a saída da Fofão, e a necessidade de se pensar em todo um ciclo olímpico, o Zé fez muito bem em levar uma segunda, que no momento não faz sombra a primeira. Acredito que em pouco tempo a Dani estará segura na função e pronta para disputar a posição com as mais "experientes".
Normalmente as premiações individuais são um tanto quanto caseiras e equivocadas, mas, foi muito legal ver a Gataz e a Fabizinha serem reconhecidas. Como disse aqui em meu último post ela é fora de série na posição. Logan, quanto a ida da Brait, acho que é positivo, pois participar de uma seleção, mesmo que não jogando, dá a jogadora uma certa preparação para que se necessária, esteja pronta sem maiores percalços. Hoje, um problema qualquer que acontecesse à Fabi, não traria uma preocupação fora do normal, pois a Brait está a altura deste time, sem dúvida alguma.
O masculino foi um Show! Claro que estamos falando de uma Polonia sem seus principais jogadores, porém o Brasil também estava sem os seus principais e o que se vê são mulekes atrevidos e com muito, mas muito talento mesmo. Destaques absolutos para o Lucas e o Thiago Alves, este por sinal, conversando com o pessoal das seleções de base é tido como o principal nome para o próximo ciclo.
A todos uma ótima semana!