Sem Fazer Feio


Com a notícia das inscrições da Fernanda e da Virna pelo Rexona no início da semana acabei deixando de lado o jogo do São Caetano contra o Medley/Banespa (3x0).


Foi bom ver que apesar de toda confusão envolvendo atraso de salários e saída de algumas jogadoras no Banespa, o time continua lutador e bem ajeitado. Deu trabalho pra São Caetano no 1º e 3º sets.
Já por parte do Sanca, os destaques ficaram por conta de Sheilla (com jogadas belíssimas), Edna e o bloqueio que salvou o time em horas delicadas. Se é um bom sinal, ainda é cedo dizer.
******************************

O próximo teste do Sanca é domingo contra o Minas. Não acho que terá dificuldades, já que a equipe mineira está sem a Ivna e vem de uma derrota contra o Vôlei Futuro. Aliás, é a segunda derrota pro time de Araçatuba. Depois de participar da final do primeiro turno, o Minas decaiu. Não tem conseguido fazer frente nem a seus iguais.


******************************


Não estava acompanhando o Brasil Telecom, por isso só fiquei sabendo através do site Planeta Vôlei, que a Camilla Adão tem começado os jogos como titular no lugar da Fabíola. Essa menina é perigosa. Ela não esquenta banco de ninguém. Não há time em que ela não atrapalhe a vida da titular.
 

******************************


Eu vou pra Marancangalha...

Pessoal, estou saindo de férias. O blog vai continuar, óbvio, mas fica mais difícil pra mim assistir aos jogos. Minha informação será a internet e vocês. Por isso, novamente, peço que vocês se sintam a vontade para comentar e dar suas opiniões sobre os jogos e tudo que ocorrer no vôlei feminino.
 
Obrigada!

Comentários

Anônimo disse…
Pode deixar, LaCauDa, vamos tomar conta do blog direitinho! Arrá, urrú, o blog é nosso!!!
Anônimo disse…
Sr Édson.

Em 1ro lugar, sinta-se á vontade prá se dirigir a mim, o autor do modesto comntário sobre a Jaqeline - estamos aqí prá isso mesmo.

Em 2do lugar, nao assino a Band-qlqr-coisa, nem assinaria se melhor se tornasse.
Detesto tv do Brasil, por ser lixo em termos de esportes + entretenimento e noticiários.

No esporte, manipulam o q podem á favor de seus patroes e dos anunciantes - zero de conteúdo.

No entrenimento, sobrevive do esgoto á qlqr custo, como Hebes e BBB´s (coisa de jacús metidos a pop, já morto até na terra onde nasceu há mais de 10 anos - Holanda).

E por último, as notícias. Bem, aqí me recuso a entrar em detalhes 1 vez q, qem tem Boris Casoy + os Bonner + Boechart como "ancoras" (sic), tem mesmo é q vomitar.

Mas, como porcos tmbm morrem, a net trouxe a blogosfera e c/ ela, o enterro dos representantes do atraso.

Nossos "jornalistas", sao representates do q de pior se pode esperar de 1 ser humano - sao podres por origem e por cruza - ou seja, qem acredita em Josinhas 25 + Arnaldo Jabá + Eliane febre amarela Cantanhede + Lúcia Hipócrita + Clovi$$ Ro$$i + Diogo Maisnérdi + PHTamborim + Fernadinho 45 + Ricardo Noblatblabla ... está perdido, Mesmo c/ toda a parafernália tecnológica ao seu alcance, se esqecem de q temos, e de sobra, algo importante entre as orelhas, e eles, apenas chafurdam nas fezes q trocam entre sí, como se isso fosse noticiário e jornalismo.

Parafraseando alguém tremendamente respeitado - fora do Brasil
(leia-se fora do q os jornaloes tupiniqins entendem por mundo) ... "a mídia do Brasil me dá azia ..."

Prá encerrar, como técnico internacional de volleyball, especializado em cinesiologia, falo o q penso ser correto e, se erro, me explico por ser humano, como o sr.

Afinal, moro e trabalho em 3 países, e qdo nao assisto a Jaqeline jogando, pela tv, é porq estou a metros de distancia dela, no mesmo ginásio.

Portanto, sinta-se á vomntade prá discutirmos qlqr tema. Mesmo os q o sr apenas tenha curiosidade, e nao conhecimento academico e/ou profissional dirigido.

Inté,
Mg

1 - Gabriel, mais vídeos? Gostamos e qeremos mais.

2 - Aproveite suas férias - descance bastante, La Cauda
Anônimo disse…
Mg, vc é muito engraçado, smepre deixando meu astral e minha motivação lá em cima, ah deixa os vídeos para lá, quando eu tiver algum novo eu te aviso, eai vc vai estar aqui no Brasil dia 31? (se estiver lhe aguardo)(naum sabia que vc estudava o movimento dos corpos, intersessantre, só agora saquei qdo vc falava das paradas da jaque), vc tem visto uma brasileira chamada Nikolle, joga na A2 italiana, acho que é no milano, pelo número de pontos por partida ela está se saindo bem, sabe algo sobre ela? se ela está joganmdo na saída ou na entrada??
la cauda boas férias,
Anônimo disse…
Como vou me dirigir a um "anônimo"?
Desculpa, eu pensei que estavamos falando de vôlei, e não da situação das TVs, do Brasil etc.

Como eu já disse, não vou discutir com os fãs da Jaque, que apesar de ser uma excelente jogadora, é caça-toco sim, e está longe de ser algo excepcional. No dia que ela atacar como Paula e Mari, ou seja, nunca, aí pode-se falar algo dela.
Anônimo disse…
Para Gabriel;
Caro colega eu conheço a nikolle que está atualmente no campeonato italiano A2 - milano, uma ponteira muito inteligente e competente por sinal, é mineira e foi das seleções brasileiras infanto e juvenil, tb já atuou no rexona, finasa e pinheiros na ultima temporada, tem um video dela jogando no youtube é só pesquisar nikolle del rio que voce acha, daí se lembrará dela. abraços/Marcelo
Anônimo disse…
Sr Édson,

1 - "... Como eu já disse, não vou discutir com os fãs da Jaque ..."
Sinto muito, nunca lí nada parecido c/ isso, de sua parte. Nao delire, por favor.

2 - "... kkkkkkkkkkkkkkkk ..." What in the hell is this? Isso é seu argumento?
Fica difícil discutir qdo a contra parte se baseia em falas assim.
O sr nao concorda?

3 - " ... Desculpa, eu pensei que estavamos falando de vôlei, e não da situação das TVs, do Brasil etc ..."
E pensou certo, afinal nao se discute a parte sem flar do todo.

Em se falando de tv no Brasil, concessao pública tratada como pocilga dos reacionários, o esporte, como de resto todo o sentido de ela existir, sao produtos.
E por tal, tornada lixo - pelos proprietários dessa concessoes publicas, portano tao minha e sua qto deles - sempre manipulados, falseados, distorcidos etc.

No caso do volleyball, produtor de pódios Olímpicos, é maltratado, humilhado, desrespeitado, relegado á tratamento de 3ra categoria etc.

E isso, qdo nao misturado com baixaria e desonestidade - nada disfarsados.

Jaqeline?
Bem, nao sou fan de ninguem assim tao fácil. Gosto do volleyball clássico e, p/ tal, além de estudar e trabalhar no ramo, desde antes do seu Arí, o engraçadinho, confronto seus falsos czares e pulhas, travestidos de técnicos, no Brasil e na Zoortopa.

E por fim, ANONIMO é minha escolha, 1 vez q acho arrogante e idiota da parte dessas empresinhas de m... norte americanas qerem cadastro até prá bate-papo. E tudo no pseudo-argumento de q é "p/ seu melhor prazer e conforto".

Risos, muitos risos.
Qem os "Gúgou" da vida pensam q sao?
Qm os "Máicrosoft" da vida acham q controlam?

Gabriel.

O Marcelo falou o suficiente. Nikolle tá mesmo bombando - ponta - e já falam em dobrar-lhe o salário, pois tem gente do andar de cima de oho nela.

Está em alta, precisa se concentrar no passe, acho q um Rexona lhe faria muito bem, e vc sabe do q falao.


Inté,
Mg
Anônimo disse…
Nikolle Arrasou neste jogo contra o Sanca, mas se eu não me engano eu vi a Bia no Pinheiros, em q ano e qual campeonato é esse??? Espero que a carreira dessa menina seja iluminada, e pelos 8min de jogo que eu vi, essa menina fez valer a #10, ao contrário de uma osasquense que usou ela até o ano passado.!
PS: adorei ver o megahair da Angela
Anônimo disse…
Caro edson
Não fuja da raia, se vc falou que Jaque não joga nada, leve essa discussão até o fim, se não tem argumentos, ASSUMA! seu banana...!
Anônimo disse…
É enquanto isso na Itália o grande nome é Nikolle nesta temporada, lí que no ultimo jogo foram 21 pontos, e não é na saída de rede, más como ponta passadora e ainda colaborando em muito com a equipe em todos fundamentos. É o Brasil fazendo bonito! "Sem fazer feio" como diz Lacauda. Ela vai longe!! Felicidades a todos aqui. Catharia-MG
Anônimo disse…
Mais uma comentário: Gente é impossível assistir aos jogos da superliga feminina pelo Sportv, dá nojo! O comentarista, Marcos é só elogios e desculpas para as "panelas" dele, tipo se alguma jogadora do finasa erra a desculpa é de que estão suando, o ginásio é quente, desconcentração, etc, nunca admite que os erros são delas., quanto acertam são jovens promessas, campeã olimpica...etc,enfim nunca dá elogio para outra equipe. Sportv tem que rever seu plantel. Catharina-MG
Anônimo disse…
Pinheiros/Mackenzie (SP) e São Caetano/Blausiegel (SP) farão, nesta QUARTA-FEIRA (21.01), às 20h, um grande clássico no ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo. A partida, válida pela terceira rodada do terceiro turno da Superliga Feminina de vôlei 08/09 é decisiva para a pretensão dos clubes em chegar às finais de turno, já que ambos os times estão invictos nesta fase. No segundo turno, as equipes estiveram frente a frente, em São Caetano do Sul (SP), e quem levou a melhor foi o Pinheiros/Mackenzie, que venceu por 3 sets a 1.

O confronto desta quarta-feira marca ainda uma briga direta por posição na classificação geral da competição. Com 23 pontos – 10 vitórias e três derrotas –, o Pinheiros/Mackenzie ocupa a quarta posição. Logo em seguida, no quinto lugar, vem o São Caetano/Blausiegel, que já marcou 22 pontos – nove vitórias e quatro derrotas.

Para esta partida, o técnico Paulo Coco, do Pinheiros/Mackenzie, sabe que terá pela frente um adversário ainda mais difícil do que encontrou no segundo turno. Preparado para o clássico, ele crê em mais um resultado positivo sobre o rival.

“A expectativa é realmente de um jogo mais complicado do que tivemos contra o São Caetano/Blausiegel no segundo turno. As jogadoras estão mais entrosadas com as três campeãs olímpicas (Sheilla, Fofão e Mari) e evoluíram com a parada de final de ano. No entanto, sabemos do nosso potencial. Temos qualidades para vencer mais essa partida. Claro que respeitamos nosso adversário, mas iremos em busca da vitória”, afirma Paulo Coco.

O treinador do Pinheiros/Mackenzie explicou ainda como pensa em parar a trinca de ouro do São Caetano/Blausiegel.

“Em primeiro lugar, temos que tirar o passe da mão da Fofão. Com sua qualidade, ela não pode jogar assim, que sempre irá colocar suas atacantes em boas condições para marcar o ponto. Se conseguirmos tirar o passe da mão dela, podemos marcar com mais facilidade as jogadas do São Caetano/Blausiegel. A partir daí, podemos entrar com nosso contra-ataque”, explica Paulo Coco.

Se o Pinheiros/Mackenzie entra na quadra esperando uma partida mais complicada, o sentimento é o mesmo do lado do São Caetano/Blausiegel.

“Sempre que entramos em quadra, pensamos em vencer. A preparação é feita assim. No entanto, para esse jogo, tivemos que pensar em nos preparar mais que nossos adversários. Perdemos para eles no segundo turno, mas melhoramos nosso conjunto no terceiro turno. Sei que o Pinheiros/Mackenzie viu nossa evolução e também virá melhor”, afirma o técnico do São Caetano/Blausiegel, Chicão.

O treinador explicou ainda como espera fazer com que seu time saia com o triunfo no confronto com o rival.

“Não existe favorito em um jogo como esse. É um dos clássicos do voleibol brasileiro e quem tiver mais paciência irá vencer. As duas equipes estão defendendo muito. Por isso, ser paciente na hora de marcar os pontos é fundamental. Estamos preparados, mas não cobramos muito de nossas jogadoras. A cobrança será para ser um time com obediência tática”, conclui Chicão.

MAIORES PONTUADORAS

O clássico entre Pinheiros/Mackenzie e São Caetano/Blausiegel marcará também uma disputa bem interessante entre as maiores pontuadoras desses times.

Pelo lado do time da casa, a ponteira Fernanda Garay ocupa a segunda posição entre as jogadoras que mais pontuaram na competição, com 193 acertos. No São Caetano/Blausiegel, a oposto Sheilla é quem aparece mais bem colocada. Ela está na terceira posição entre as maiores pontuadoras, com 191.

Outras duas jogadoras do Pinheiros/Mackenzie estão bem ranqueadas nesse quesito. A oposto Tandara ocupa a quinta colocação com 186 pontos e a ponteira Thais vem logo em seguida, na sexta posição, com 181 acertos.

EQUIPES

PINHEIROS/MACKENZIE – Fabiana Berto, Tandara, Thaís, Fernanda Garay, Danielle e Lígia. Líbero – Arlene.

Técnico – Paulo Coco

SÃO CAETANO/BLAUSIEGEL – Fofão, Sheilla, Mari, Dayse, Edna e Andréia. Líbero – Suelen

Técnico - Chicão
Anônimo disse…
Catarina - MG.

Vc tem toda razao, os tais "jornalistas especializados" do Brasil, sao tétricos mesmo. Qdo nao pagam mico, irritam o telespectador, o leitor ou ouvinte. Os bandidos (sim, vivem de jabá como se fosse isso parte da profissao deles) poem seus rabos fedorentos na frente duma tela, mal dominam a tal "tecnologia", abrem sua sacolas de expressoes e termos de mais de mil anos, e umas gírias idiotas q só eles curtem e ... tá feita a cagada. Assinam ou repetem seus nomes e, depois de toda essa canalhice, recebem seus salários e se apresentam como? Especialistas. Pronto, voltamos ao ponto de partida.
Sacou?
Realmente sao de dar asco.

Dani Oliveira -
(evitando polemica) Cá entre nós, temos mesmo de ter muito orgulho de termos Jaqeline, Paula, Mari e, mesmo se recuperando de grave lesao, a promessa Ivna, concorda?
Acabo de acompanhar os Cams. Juvenis - masc e fem, daqí da Zooropa e, salvo casos isolados aqí e acolá, vao precisar de uns 4 ou 6 anos prá darem algum caldo. Já nosso meninos e meninas, em 3 anos sobem e mostram a q vieram. Isso prova a qualidade de nossos técnicos e, qerendo eles ou nao, de nossos atletas.

Qeria perguntar a todos/as:

Qem sao, até agora, os destaqes das SLs? (masc e fem)

Inté,
Murilo
Anônimo disse…
E como são irritantes e nojentos estes marketing esportivos no volei, algumas pagam verdadeiras fortunas à assessores para se manterem na mídia.