Ih, Cadê?! O Finasa Sumiu!


A primeira fase do Salonpas Cup está chegando ao final. Os principais confrontos já aconteceram e foram decepcionantes. Principalmente pela atuação do Finasa/Osasco. Além de perder os duelos contra Rexona e Pesaro por 3x0, deixou a impressão de nem ter entrado em quadra.

O Finasa levou uma virada incrível do Rexona no segundo set do jogo e a partir daí desapareceu. O ânimo, a empolgação que foram característicos da equipe há 10 dias atrás na Copa Brasil, devem ter ficado lá pelo arredores de Curitiba.

***************************


No jogo contra o Pesaro - que tinha tudo para ser equilibrado já que a equipe italiana já demonstra mais entrosamento – o time de Osasco foi irritante. Extremamente instável, cometeu erros seguidos de saque e praticamente entregava os pontos ao adversário com seus erros.

Paula foi a única saída de ataque do Finasa. Natália não vem se firmando e Sassá não tem a característica de ser uma grande atacante pontuadora. A boa opção de ataque pelo meio com Adenísia e Thaisa ficou praticamente inutilizável, já que a recepção foi um desastre.

No caso da equipe italiana, a levantadora Ferreti pintou e bordou com o passe na mão. Distribui muito bem as jogadas e utilizou muito os ótimos ataques das centrais Guiggi e Furst.

A oposto polonesa Skowronska é a atacante que todo time pediu a Deus. Pau pra toda obra, é o tipo de jogadora para quem se manda a bola na hora do aperto e ela se vira. Na seleção polonesa, ela e Glinka levam o time nas costas. Já no Pesaro ela tem a ótima companhia de Carolina Costagrande. Excelente jogadora, escolhida a melhor atacante do último campeonato italiano, sempre aparece nas estatísticas finais como uma das maiores pontuadoras. Bela combinação que o Pesaro conseguiu fazer. Para completar tem ainda a Jaqueline que, por enquanto, está um pouco tímida no ataque, mas já mostra sua eficiência na defesa.



***************************

Detalhes tão pequenos...


1- A Costagrande é argentina, mas tem cidadania italiana. Ou seja, ela pode ser convocada para a seleção da Itália. Depois da passagem da Aguero, sofrendo renovação e sem grandes atacantes, não duvido que a Itália utilize-se desta opção. Não sei se ela teria vontade, mas certamente faz muito mais sentido do que a cubana Aguero representando a seleção azzurra. A Argentina tem pouquíssima expressão no vôlei feminino e Costagrande parece ter uma forte identificação com a Itália.

2- Neste último jogo contra o Finasa, Ângelo Vercesi e Zé Roberto trocaram de posição. Enquanto a equipe foi comandada pelo Ângelo, Zé acompanhou a partida no banco como seu assistente. Ao que tudo indica, Vercesi irá assumir mais vezes a função de treinador. Zé Roberto não pretende ficar 100% do tempo na Itália, pois quer acompanhar de perto os jogos (e as jogadoras) daqui.

Nada que preocupe a equipe italiana. Deixada nas mãos de Ângelo na temporada passada, o Pesaro conquistou seu primeiro título italiano. Ele é simplesmente amado por lá. Não só pela conquista, mas por seu jeito “entusiasmado” ao lado da quadra. Grita, salta, se agacha, etc. Já virou um personagem característico do Pesaro.

Comentários

Anônimo disse…
Pra mim, a decadência do Osasco/Finasa vem desde que o Luizomar assumiu como treinador. Ele é mau treinador e o que é pior: é um perdedor conformado. Perde e acha o máximo. Uma vergonha. O Osasco tem o melhor elenco da Superliga, junto com o São Caetano. Mas periga ser patrolado pelo Rexona, que não tem jogadoras, mas tem jóquei.
Anônimo disse…
Não posso opinar diretamente sobre o Finasa porque não acompanho o time, mas com esses jogos que antecedem a Super Liga, eu já não sei o que esperar, pois os times promissores e favoritos para a SL estão se mostrando muito irregulares a cada jogo - em um, elas são "os caras", em outros, vc tem a mesma impressão que La cauda - que o time não entrou em quadra.
Visto que eu não acompanho o Osasco, pergunto: Há possibilidade deles estarem escondendo o jogo?
Anônimo disse…
Ariane, acho difícil estarem escondendo o jogo. Acho que ainda estão naquela fase de entrosamento.
Mas mesmo assim não deixa de ser decepcionante, já que todas as outras equipes passam pelo mesmo momento.

Concordo com o André. Não gosto muito do Luizomar, acho que é o ponto fraco do Finasa - principalmente este ano que o time conta com um melhor elenco. Se perde ou se ganha, parece sempre conformado com o resultado.
Anônimo disse…
Hmm, então tomara que os times consigam se entrosar logo e que a SL não seja decepcionante, pois teoricamente ela promete muito com todo esse elenco que está atuando no Brasil xD