Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Um adeus prematuro e vergonhoso

Brasil 3x2 Japão
(23-25 / 16-25 / 28-26 / 25-21 / 15-11)

Apesar de ter acompanhado todo o inconstante ano da seleção brasileira, ainda fui capaz de me surpreender – negativamente, claro – com o time. Como é que consegue levar uma virada do Japão, no primeiro set, quando vencia por 22x17? 

O jogo, até aquele momento, estava do jeito que o Brasil precisava. O Japão não apresentava volume de jogo, o que possibilitou que, sem aquelas trocas de bolas que da defesa japonessa que tanto desgastam mentalmente os adversários, a virada de bola brasileira fosse tranquila. O time, com os ataques de Garay, Tandara e Gabi fluindo bem, estava seguro. E, para nos ajudar ainda mais, a recepção japonesa dava pontos em erros. 
Ou seja, o Brasil tinha conseguido escapar das armadilhas japonesas, fazendo com que a partida tivesse o ritmo dele e não das donas da casa. Mas, de repente, tudo desmoronou.
Um saque aqui e ali desperdiçado, um erro e outro de recepção e pronto. A confiança, a lucidez e a tranquilidad…

Últimas postagens

Mundial 2018 - Brasil 3x2 Holanda

Mundial 2018 - Brasil 3x1 México

Mundial 2018 - Brasil 2x3 Alemanha

Mundial 2018 - Brasil 3x0 Cazaquistão

Mundial 2018 - Brasil 3x0 Quênia

Mundial 2018 - Brasil 0x3 Sérvia